icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/07/2013
18:07

Principal prova do ciclismo mundial, o Tour de France contou com um feito inédito nesta quinta-feira, durante sua sexta etapa. Após o percurso de Aix-en-Provence a Montpellier, o sul-africano Daryl Impey alcançou a liderança geral e garantiu ao seu país pela primeira vez a camiseta amarela, premiação atribuída ao primeiro corredor em tempo individual na classificação.

Com o feito, Impey retirou da ponta o seu companheiro de equipe, o australiano Simon Gerrans, que caiu para a terceira posição. Ambos defendem a Orica-GreenEdge. O sul-africano lidera com uma vantagem de três segundos sobre o norueguês Edvald Boasson Hagen (Sky). Na etapa do dia, Impey foi o 13º, enquanto Gerrans não passou de um inexpressivo 48º lugar.

A liderança do percurso, de 176,5km, ficou com o alemão Andre Greipel. Em seguida, os mais bem colocados foram o eslovaco Peter Sagan e o alemão Marcel Kittel. O britânico Mark Cavendish, que havia conquistado o primeiro lugar na etapa de ontem, perdeu energia na reta final da corrida por conta de uma batida e terminou na quarta colocação.

 

Principal prova do ciclismo mundial, o Tour de France contou com um feito inédito nesta quinta-feira, durante sua sexta etapa. Após o percurso de Aix-en-Provence a Montpellier, o sul-africano Daryl Impey alcançou a liderança geral e garantiu ao seu país pela primeira vez a camiseta amarela, premiação atribuída ao primeiro corredor em tempo individual na classificação.

Com o feito, Impey retirou da ponta o seu companheiro de equipe, o australiano Simon Gerrans, que caiu para a terceira posição. Ambos defendem a Orica-GreenEdge. O sul-africano lidera com uma vantagem de três segundos sobre o norueguês Edvald Boasson Hagen (Sky). Na etapa do dia, Impey foi o 13º, enquanto Gerrans não passou de um inexpressivo 48º lugar.

A liderança do percurso, de 176,5km, ficou com o alemão Andre Greipel. Em seguida, os mais bem colocados foram o eslovaco Peter Sagan e o alemão Marcel Kittel. O britânico Mark Cavendish, que havia conquistado o primeiro lugar na etapa de ontem, perdeu energia na reta final da corrida por conta de uma batida e terminou na quarta colocação.