icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/07/2013
19:26

Com direito a fortes emoções até o último minuto, a Polônia derrotou os Estados Unidos nesta sexta-feira por 3 sets a 2, em Katowice (POL), pelo Grupo A da Liga Mundial de Vôlei. Os donos da casa precisaram se recuperar de um verdadeiro passeio dos norte-americanos no terceiro set, mas conseguiram o triunfo num tie-break emocionante. As parciais foram de 25-22, 19-25, 13-25, 30-28 e 18-16. As duas seleções voltam a se enfrentar no próximo domingo, em Wroclaw.

O  oposto Jakub Jarosz foi o maior pontuador pelo lado polonês, com 21 acertos, além de ter sido eleito o MVP. Porém, quem mais vezes colocou a bola na quadra adversária foi Clark Carson, com 24 acertos. O técnico John Sparrow foi feliz ao promover a entrada do ponteiro Antonio Ciarelli no lugar de Paul Lotman, mas a mudança não fez efeito no momento decisivo do duelo.

O primeiro set começou com erros dos dois lados. Os norte-americanos até abriram leve vantagem no marcador, mas acabaram cedendo a virada. O cenário foi se desenhando de forma diferente no segundo set, e os visitantes não tiveram problemas para se manter em vantagem.

O técnico Andrea Anastasi quase conseguiu arrumar a casa com um pedido de tempo, mas nada adiantou. A sequência do jogo foi desastrosa para seu grupo, que não viu a cor da bola na terceira parcial. No entanto, os poloneses entraram mais concentrados no quarto set. A disputa ficou acirrada, com Ciarelli brilhando de um lado e Jarosz do outro.

No tie-break, a Polônia deu sinais de que controlaria as ações sem grandes problemas, chegando a abrir 8-4. Porém, os norte-americanos deixaram tudo igual em 9-9. A partir de então, a emoção falou alto. E a frieza de Winiarski pesou a favor dos poloneses.      

Apesar do resultado, os comandados de Anastasi seguem atrás dos rivais na classificação. A Polônia ocupa a terceira posição do grupo A, com 10 pontos, dois atrás dos EUA. O Brasil, que venceu a Bulgária no mesmo dia, é o líder da chave, com 16.

Com direito a fortes emoções até o último minuto, a Polônia derrotou os Estados Unidos nesta sexta-feira por 3 sets a 2, em Katowice (POL), pelo Grupo A da Liga Mundial de Vôlei. Os donos da casa precisaram se recuperar de um verdadeiro passeio dos norte-americanos no terceiro set, mas conseguiram o triunfo num tie-break emocionante. As parciais foram de 25-22, 19-25, 13-25, 30-28 e 18-16. As duas seleções voltam a se enfrentar no próximo domingo, em Wroclaw.

O  oposto Jakub Jarosz foi o maior pontuador pelo lado polonês, com 21 acertos, além de ter sido eleito o MVP. Porém, quem mais vezes colocou a bola na quadra adversária foi Clark Carson, com 24 acertos. O técnico John Sparrow foi feliz ao promover a entrada do ponteiro Antonio Ciarelli no lugar de Paul Lotman, mas a mudança não fez efeito no momento decisivo do duelo.

O primeiro set começou com erros dos dois lados. Os norte-americanos até abriram leve vantagem no marcador, mas acabaram cedendo a virada. O cenário foi se desenhando de forma diferente no segundo set, e os visitantes não tiveram problemas para se manter em vantagem.

O técnico Andrea Anastasi quase conseguiu arrumar a casa com um pedido de tempo, mas nada adiantou. A sequência do jogo foi desastrosa para seu grupo, que não viu a cor da bola na terceira parcial. No entanto, os poloneses entraram mais concentrados no quarto set. A disputa ficou acirrada, com Ciarelli brilhando de um lado e Jarosz do outro.

No tie-break, a Polônia deu sinais de que controlaria as ações sem grandes problemas, chegando a abrir 8-4. Porém, os norte-americanos deixaram tudo igual em 9-9. A partir de então, a emoção falou alto. E a frieza de Winiarski pesou a favor dos poloneses.      

Apesar do resultado, os comandados de Anastasi seguem atrás dos rivais na classificação. A Polônia ocupa a terceira posição do grupo A, com 10 pontos, dois atrás dos EUA. O Brasil, que venceu a Bulgária no mesmo dia, é o líder da chave, com 16.