icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/12/2013
19:04

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) negou, pela segunda vez, o pedido do Vasco para obter os três pontos em relação a partida contra o Atlético-PR, na última rodada do Brasileiro, e manteve o rebaixamento da equipe cruz-maltina. Ainda há a possibilidade do departamente jurídico do Vasco recorrer ao Pleno do STJD.

O Cruz-Maltino se baseia no artigo 19 do regulamento geral de competições da CBF, que prevê que o jogo só pode ser interrompido por até 60 minutos. Devido a barbárie entre torcedores de Atlético-PR e Vasco, o jogo ficou paralisado por 71 minutos. Caso tivesse sucesso, o Vasco se livraria do rebaixamento.

O primeiro pedido foi negado na última quinta-feira, com a alegação de que o Regulamento Geral das Competições define que o árbitro da partida pode decidir pela suspensão da partida, não sendo obrigado a fazê-lo..