icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/11/2014
13:10

O início dos treinamentos de Anderson Silva para o retorno ao octógono do Ultimate contou com um susto. O ex-campeão dos médios passou a noite no hospital após sentir um incômodo nas costas e chegou a ficar sem sentir as pernas, logo depois uma sessão de treinos de jiu-jitsu na academia X-Gym, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira. O lutador foi levado ás pressas ao Barra D'Or, localizado na Barra da Tijuca, mas já passa bem. Ele foi liberado na manhã desta terça-feira. O diagnóstico foi de que ele sofreu uma lombalgia aguda. A informação foi noticiada pelo Combate.com. 

Segundo Marcio Tannure, médico do UFC e de Spider, a lesão não atrapalha os planos do Ultimate e de Anderson, que tem retorno ao UFC previsto para janeiro, contra Nick Diaz.

- Foi um susto. Ele sentiu uma dor aguda por causa da contratura. Dói muito, realmente, mas não vai mudar nada em termos de treinamento. O problema que ele teve justifica a dor, mas não vai resultar num afastamento, nem no cancelamento da luta - explicou Tannure.

 Após a traumática fratura na perna esquerda, sofrida em dezembro do ano passado, contra Chris Weidman, Anderson Silva passou por um longo período de recuperação até se ver seguro para assinar o contrato para sua volta ao octógono do Ultimate. O brasileiro está escalado para enfrentar Nick Diaz na luta principal do UFC 183, que acontece no dia 31 de janeiro, em Las Vegas.