icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/12/2013
18:04

Uma conferência por telefone realizada na tarde desta terça-feira reuniu Anderson Silva, Chris Weidman, Ronda Rousey e Miesha Tate. As principais atrações do UFC 168, que acontece no dia 28 de dezembro, em Las Vegas, participaram da ligação e comentaram os desafios que terão pela frente no show mais aguardado do ano. Como esperado, Spider e Weidman foram os mais requisitados pela imprensa e falaram sobre o combate que vem sendo promovido como "a maior da história". 

Ao ser perguntado sobre as declarações do atual campeão, que afirmou que pretende partir para cima do brasileiro, Spider disse que gostou da ideia do americano e prometeu que o resultado será diferente da primeira luta.

- Acho interessante ele ter essa cabeça mesmo. Eu não tenho nada para provar a ninguém, mas realmente estou muito motivado. A última luta já é passado, estou pensando na próxima, e tudo será diferente - prometeu o ex-campeão dos médios.

O lutador ainda comentou a reunião que convocou com sua equipe para ajustar alguns "problemas" internos que estavam acontecendo. Segundo ele, tudo o que aconteceu na primeira luta contra Chris Weidman é passado. 

Chris Weidman e Anderson Silva se enfrentarão pela segunda vez (FOTO: Alexandre Loureiro/UFC)

- Realmente nós tivemos algumas mudanças. Quando encontramos um erro, temos de mudar. Mas é tudo isso é passado. Estamos pensando na próxima luta e tudo será diferente. Acredito que quando você está bem treinado e bem de cabeça, tudo é possível. Meu foco é nessa luta, no Weidman e não estou pensando em nada além disso - avaliou Spider, que ainda comentou a diferença que pode sentir sendo o campeão novamente.

- Não tem muita diferença. Acho que é só mais experiência. Nada é fácil quando se é um lutador do UFC - desabafou Anderson. 

Anderson Silva ainda comentou a decisão de Georges Saint Pierre, que recentemente decidiu abrir mão de seu cinturão meio-médio do Ultimate para cuidar de problemas pessoais de sua vida e, quem sabe, no futuro poder voltar a lutar MMA.

- Cada um tem seu tempo e sua hora. Nós temos que respeitar o que ele decidiu. Ele fez história no esporte, merece respeito. Cada um sabe seu momento. Todos nós temos problemas pessoais - afirmou o atleta.

Spider também confirmou o convite feito por Chael Sonnen para participar da equipe do americano nas gravações do The Ultimate Fighter Brasil 3, que terá Wand e Sonnen como treinadores. O brasileiro disse que terá de recusar a proposta por estar fora do país. 

- É verdade (que o Sonnen o convidou para o TUF Brasil 3). Não estou no Brasil, não vou poder aceitar esse pedido. Mas, pelo esporte, seria legal, bacana. Os atletas do programa são brasileiros. Pelos atletas, seria uma honra partiicipar do TUF - declarou.

Além da esperada revanche entre Chris Weidman e Anderson Silva, o UFC 168 ainda contará com a revanche entre Ronda Rousey e Miesha Tate no coevento principal da noite. O evento será transmitido ao vivo pelo canal Combate.

Confira as lutas do show:
Card principal
Chris Weidman x Anderson Silva
Ronda Rousey x Miesha Tate
Josh Barnett x Travis Browne
Jim Miller x Fabrício Morango
Dustin Poirier x Diego Brandão
Card preliminar
Chris Leben x Uriah Hall
Gleison Tibau x Michael Johnson
Dennis Siver x Manny Gamburyan
John Howard x Siyar Bahadurzada
William Patolino x Bobby Voelker
Robbie Peralta x Estevan Payan