icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2013
09:07

A Lusa tem arma “familiar” para enfrentar o São Paulo, neste sábado, às 19h30, no Morumbi. O meia Souza, que vestiu a camisa tricolor de 2003 a 2008, reencontrará o clube no qual foi campeão brasileiro, paulista e da Libertadores. O jogador diz ter o segredo para vencer o ex-clube fora de casa.

– Joguei por muitos anos no São Paulo e conheço muito bem o clube e sua torcida. Para conquistarmos um bom resultado, é fundamental que a gente não deixe o time deles crescer junto com a torcida. Não adianta ficar atrás esperando contra-ataque. Temos que ser valentes e buscar o gol. Só assim vamos conseguir nos afastar de vez da zona de rebaixamento – disse o meia.

No primeiro turno, a Lusa venceu o Tricolor por 2 a 1, no Canindé. Desta vez, o cenário será diferente. A partida acontecerá no Morumbi, diante de uma torcida são-paulina animada com o bom momento que o clube vive. O meia ressaltou o respeito que tem pelo São Paulo, mas disse que não vê problema em comemorar caso marque gol.

– Se por acaso eu marcar, não vejo o menor problema em comemorar. Tenho um respeito muito grande pelo São Paulo, que marcou minha carreira. Adoro a torcida e o clube. Mas sou funcionário da Portuguesa e sempre farei de tudo pelo melhor para a Lusa – enfatizou.

Na 14ª colocação do Brasileirão, a Portuguesa vem de dois empates consecutivos e tenta a reabilitação na competição.