icons.title signature.placeholder Luiz Signor
24/06/2014
14:04

Não são apenas as grandes empresas que faturam com o advento de uma Copa do Mundo. Para conseguir aquele trocado extra vale se caracterizar, por exemplo, de ex-jogadores históricos. Quem passar pelo Maracanã e for até a estátua do Bellini no início da tarde desta terça-feira poderá posar para fotos com os sósias de Maradona e Valderrama. E também há a possibilidade de fotografias com duas versões da taça da Copa do Mundo. Tudo isso, naturalmente, colaborando com pequenas quantias.

A localização dos sósias é mais do que estratégica. Muitas pessoas que passam pelo Maracanã, turistas ou não, aproveitam para fotografar a estátua do Bellini, principalmente agora durante o Mundial no Brasil. O sósia de Maradona, à direita da estátua, não recebia, no momento em que a reportagem do LANCE!Net esteve no local, tanta atenção quanto o chileno caracterizado como um dos principais jogadores do futebol colombiano.

Sósia de Maradona se prepara para faturar uns trocados (Foto: Luiz Signor/LANCE!Press)

– Moro aqui no Brasil, sou artista de rua e, agora tem a Copa do Mundo, estou aproveitando para trabalhar e homenagear "El Pibe" Valderrama – disse Carlos Escobar, garantindo, enquanto girava a bola com o dedo indicador da da mão direita, que o colombiano foi e segue sendo melhor que Maradona.

– Com certeza Valderrama. Não se duvida disso – completou Escobar.

A possibilidade de fotos com cópias da taça da Copa também fazia sucesso. Muitos turistas se interessavam. Bastava escolher qual das taças seria utilizada. Os proprietários ajudavam na composição da foto. Erguer a taça sob a cabeça, gesto imortalizado por Bellini, era quase que obrigatório.

Casal aproveita para tirar foto com uma das taças "disponíveis" (Foto: Luiz Signor/LANCE!Press)