icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/11/2013
20:56

Presente e futuro do Santos podem ficar frente a frente neste domingo, às 17h, no Barradão. O Peixe, comandado por Claudinei Oliveira, que não ficará no clube em 2014, enfrenta o Vitória de Ney Franco, técnico preferido da diretoria alvinegra para o ano que vem. Embora as partes neguem, o interesse existe e o que ainda é uma paquera pode virar casamento a partir do término do Brasileirão, em dezembro.

Por enquanto, o pensamento santista é de terminar o ano bem e, quem sabe, conseguir um milagre e garantir a classificação para a Libertadores do ano que vem. Para isso, o time pretende vencer os quatro jogos que lhe restam. Embalado pela vitória de 3 a 0 sobre o Bahia na última quinta-feira, o Peixe deve contar com a volta do lateral-direito Cicinho para pegar o Leão. Ele está recuperado de lesão no tornozelo esquerdo e viajou com o elenco para Salvador. Na outra ala, porém, Mena segue como desfalque. O chileno está com sua seleção e será substituído por Emerson Palmieri.

Já do lado do Vitória, Ney Franco, que evita falar do interesse alvinegro nele, não conta com nenhum jogador suspenso e tem apenas dois lesionados. Sendo assim não deve ter mudanças na equipe em relação à derrota para o Cruzeiro, quarta-feira. Mesmo com a derrota na última rodada, o time ainda sonha com uma vaga na Libertadores e, por isso, considera o jogo contra o Peixe como decisivo.

O meia Escudeiro chegou a ser poupado em um dos treinamentos durante a semana para evitar desgaste físico, mas não preocupa.

Se vencer, o Santos empata em número de pontos com o Vitória, mas segue atrás por ter menor número de vitórias, critério de desempate.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA X SANTOS

Data/horário: 17/11/2013, às 17h.
Estádio: Barradão, em Salvador (BA).
Árbitro: Sandro Meira Ricci - (PE - FIFA).
Assistentes: Elan Vieira de Souza (PE) e Albino Andrade Albert Junior (PE).

VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Victor Ramos, Kadu e Juan; Cáceres, Marcelo, Escudero e Renato Cajá; Marquinhos e Dinei. Técnico: Ney Franco.

SANTOS: Aranha; Cicinho (Bruno Peres), Edu Dracena, Gustavo Henrique e Emerson Palmieri; Alison, Arouca, Cícero e Montillo; Geuvânio e Thiago Ribeiro. Técnico: Claudinei Oliveira.