icons.title signature.placeholder Thiago Correia
icons.title signature.placeholder Thiago Correia
27/07/2013
10:17

Com apenas um ano de Porto, o goleiro Fabiano, reserva do ídolo tripeiro Helton, garante que está agradando. O jogador foi mais ativo nos torneios de mata-mata em Portugal, e acredita que com suas atuações, e pelo que demonstra nos treinos, pode ser o substituto do veterano no futuro, já que o titular tem mais um ano de contrato, e seu nome está sempre ligado ao Vasco.

- Quando eu tive a proposta do Porto, já me contratou neste intuito. Então desde o primeiro ano eu fui preparado para jogar. Quando se está em um grande clube, tem que pensar sempre em jogar. Respeito o Helton, é o cara que vem jogando, mas o meu intuito é o de jogar, de ser titular, e quando surgir a oportunidade, fazer o meu trabalho e mostrá-lo bem - disse Fabiano em entrevista ao LANCE!Net, que ainda lembrou tanto Helton, como Rogério Ceni, em sua época de São Paulo, foram importantes em sua formação:

- No São Paulo não tive grandes oportunidades, não pude mostrar meu potencial. Aprendi muito com Rogério Ceni, um dos melhores goleiros que já vi, trabalhei, vou guardar para sempre. Aqui no Porto também, trabalho com um grande goleiro.

Outro fator de motivação para Fabiano é a chegada de Paulo Fonseca. O goleiro elogiou muito o novo treinador do Dragão, que na temporada passada, levou o modesto Paços de Ferreira para a Liga dos Campeões.

- É um treinador novo, fez um grande trabalho no Paços de Ferreira, com a vaga na Liga dos Campeões. Mas também pela forma que jogava. Tem o comando do time dentro de campo. Pela forma que a gente via o Paços jogando, via que ele controlava tudo, todas as jogadas. É inteligente, sabe comandar, e acho que o Porto fez uma boa escolha.

O goleiro se destacou quando teve oportunidades no Porto (Foto: Divulgação)

NOVA FASE DO PORTO
Sobre o time, que perdeu alguns jogadores importantes, como João Moutinho e James Rodríguez, Fabiano tem a certeza que tudo está sob controle, e exalta o trabalho nos bastidores.

- O Porto tem uma diretoria muito inteligente. Na outra temporada saiu do Hulk, todos falavam que era o cabeça do time, ia perder muito, e foi campeão nacional. Com estas saídas, com certeza eles têm tudo em mente. Mas lógico, perde grandes jogadores, mas vai repor com grande qualidade - começa Fabiano, que até já cita alguns deles:

- Principalmente alguns como Licá e Carlos Eduardo, do Estoril, são investimentos a longo prazo. São novos, com muita qualidade, fizeram grandes temporadas, estão apostando no futuro. Mas até pelos vídeos que vi dos outros, com a confiança que ter no Porto, têm potencial.

BATE-BOLA
Fabiano
Goleiro do Porto, ao LANCE!Net

Acredita que terá mais chances nesta temporada?
Pensamentos são os melhores... Meu segundo ano no Porto, venho bem mais confiante, conheço o clube, o grupo, estou bem mais confiante pelo meu trabalho. A intenção é fazer uma temporada ainda melhor.

  

Ao lado dos capitães do Porto - Helton e
Lucho -, com o troféu (Foto: Divulgação)

Acha que conseguiu mostrar-se bem quando jogou e nos treinos?
Eu senti isso em relação à comissão, ao grupo... Quando se chega, tem um pouco daquela desconfiança. Então tive a oportunidade de disputar duas competições, além de alguns jogos pela equipe B. Consegui alguns bons jogos. Por exemplo na final da Taça da Liga, contra o Braga, perdemos, mas deu para mostrar o meu potencial, a vontade é melhorar cada dia mais.

Como foi sua passagem pelo Olhanense?
Eu saí de São Paulo e fui para lá, contrato de três anos. Na primeira temporada, já joguei, foi um ano maravilhoso. É um clube mediano, mas com todas as dificuldades, fomos bem. E no primeiro ano, o Porto me contratou. Houve interesse e aconteceu, o que não é normal, por ser primeiro ano. Aproveitei muito bem a chance, e o objetivo é fazer uma temporada ainda melhor.

Quais são suas principais características?
Tenho 1m97, às vezes as pessoas comentam muito de que com grande estatura, fica lento. Eu trabalho muito nisso, em ser rápido. Os preparadores de goleiro já me falam isso, que mesmo sendo alto, tenho agilidade, tanto pelo alto, quanto por baixo.

Tem vontade de ir para outras ligas no futuro?
É passo a passo. Claro que sou ambicioso, tenho sonhos. Estou em um grande clube, que disputa Liga dos Campeões, que é campeão português, tenho que pensar aqui, não posso pensar lá na frente. Se fizer um grande trabalho, vou ter sucesso. Esse é o meu objetivo, no futuro a gente vê.

Com apenas um ano de Porto, o goleiro Fabiano, reserva do ídolo tripeiro Helton, garante que está agradando. O jogador foi mais ativo nos torneios de mata-mata em Portugal, e acredita que com suas atuações, e pelo que demonstra nos treinos, pode ser o substituto do veterano no futuro, já que o titular tem mais um ano de contrato, e seu nome está sempre ligado ao Vasco.

- Quando eu tive a proposta do Porto, já me contratou neste intuito. Então desde o primeiro ano eu fui preparado para jogar. Quando se está em um grande clube, tem que pensar sempre em jogar. Respeito o Helton, é o cara que vem jogando, mas o meu intuito é o de jogar, de ser titular, e quando surgir a oportunidade, fazer o meu trabalho e mostrá-lo bem - disse Fabiano em entrevista ao LANCE!Net, que ainda lembrou tanto Helton, como Rogério Ceni, em sua época de São Paulo, foram importantes em sua formação:

- No São Paulo não tive grandes oportunidades, não pude mostrar meu potencial. Aprendi muito com Rogério Ceni, um dos melhores goleiros que já vi, trabalhei, vou guardar para sempre. Aqui no Porto também, trabalho com um grande goleiro.

Outro fator de motivação para Fabiano é a chegada de Paulo Fonseca. O goleiro elogiou muito o novo treinador do Dragão, que na temporada passada, levou o modesto Paços de Ferreira para a Liga dos Campeões.

- É um treinador novo, fez um grande trabalho no Paços de Ferreira, com a vaga na Liga dos Campeões. Mas também pela forma que jogava. Tem o comando do time dentro de campo. Pela forma que a gente via o Paços jogando, via que ele controlava tudo, todas as jogadas. É inteligente, sabe comandar, e acho que o Porto fez uma boa escolha.

O goleiro se destacou quando teve oportunidades no Porto (Foto: Divulgação)

NOVA FASE DO PORTO
Sobre o time, que perdeu alguns jogadores importantes, como João Moutinho e James Rodríguez, Fabiano tem a certeza que tudo está sob controle, e exalta o trabalho nos bastidores.

- O Porto tem uma diretoria muito inteligente. Na outra temporada saiu do Hulk, todos falavam que era o cabeça do time, ia perder muito, e foi campeão nacional. Com estas saídas, com certeza eles têm tudo em mente. Mas lógico, perde grandes jogadores, mas vai repor com grande qualidade - começa Fabiano, que até já cita alguns deles:

- Principalmente alguns como Licá e Carlos Eduardo, do Estoril, são investimentos a longo prazo. São novos, com muita qualidade, fizeram grandes temporadas, estão apostando no futuro. Mas até pelos vídeos que vi dos outros, com a confiança que ter no Porto, têm potencial.

BATE-BOLA
Fabiano
Goleiro do Porto, ao LANCE!Net

Acredita que terá mais chances nesta temporada?
Pensamentos são os melhores... Meu segundo ano no Porto, venho bem mais confiante, conheço o clube, o grupo, estou bem mais confiante pelo meu trabalho. A intenção é fazer uma temporada ainda melhor.

  

Ao lado dos capitães do Porto - Helton e
Lucho -, com o troféu (Foto: Divulgação)

Acha que conseguiu mostrar-se bem quando jogou e nos treinos?
Eu senti isso em relação à comissão, ao grupo... Quando se chega, tem um pouco daquela desconfiança. Então tive a oportunidade de disputar duas competições, além de alguns jogos pela equipe B. Consegui alguns bons jogos. Por exemplo na final da Taça da Liga, contra o Braga, perdemos, mas deu para mostrar o meu potencial, a vontade é melhorar cada dia mais.

Como foi sua passagem pelo Olhanense?
Eu saí de São Paulo e fui para lá, contrato de três anos. Na primeira temporada, já joguei, foi um ano maravilhoso. É um clube mediano, mas com todas as dificuldades, fomos bem. E no primeiro ano, o Porto me contratou. Houve interesse e aconteceu, o que não é normal, por ser primeiro ano. Aproveitei muito bem a chance, e o objetivo é fazer uma temporada ainda melhor.

Quais são suas principais características?
Tenho 1m97, às vezes as pessoas comentam muito de que com grande estatura, fica lento. Eu trabalho muito nisso, em ser rápido. Os preparadores de goleiro já me falam isso, que mesmo sendo alto, tenho agilidade, tanto pelo alto, quanto por baixo.

Tem vontade de ir para outras ligas no futuro?
É passo a passo. Claro que sou ambicioso, tenho sonhos. Estou em um grande clube, que disputa Liga dos Campeões, que é campeão português, tenho que pensar aqui, não posso pensar lá na frente. Se fizer um grande trabalho, vou ter sucesso. Esse é o meu objetivo, no futuro a gente vê.