icons.title signature.placeholder Marcello Vieira e Matheus Babo
icons.title signature.placeholder Marcello Vieira e Matheus Babo
26/07/2013
09:37

O Fluminense ainda está devendo em 2013. A equipe que sobrou no Campeonato Brasileiro do ano passado ainda não venceu nenhum adversário de peso nesta temporada e tem sofrido com vários problemas técnicos. Mesmo antes das saídas de Wellington Nem e Thiago Neves, o time não havia tido atuações convincentes.

Procurados pela reportagem do LANCE!Net, jogadores que fizeram história no clube apontaram o que está errado e indicaram o que o técnico Abel Braga pode fazer para trazer de volta aquela equipe vitoriosa. Carlos Alberto Torres, Paulinho, Paulo César Caju e Cláudio Adão deram a receita para tirar o Fluminense dessa situação complicada em 2013.

LEIA MAIS
- Fluminense se previne para não ter dinheiro de Thiago Neves penhorado
- Parcelamento de dívidas pode dar alívio aos cofres do Flu

VEJA TAMBÉM
- Blog Fora de Campo: Relembre as atletas que já posaram de lingerie

Conhecido pela sinceridade, Paulo César Caju, que fez parte da Máquina Tricolor na década de 1970, não poupou críticas ao time. Ele considera também que o futebol brasileiro precisa de uma nova filosofia.

– Sou muito amigo do Abel, ele jogou comigo. Mas acho que tirando um pouco o Atlético-MG, está tudo muito igual no futebol brasileiro. Todos os times jogam em função de uma bola aérea, os treinos são todos iguais – afirmou Caju.

O próprio Abelão já prometeu que vai sacudir este time e fazer com que volte para o caminho das vitórias. Por ora, a diretoria deu o voto de confiança e espera realmente que isso aconteça. Mas uma derrota para o Grêmio, no domingo, pode custar o emprego do treinador.

Bastante criticada pela torcida, a defesa foi o setor mais citado negativamente pelos ex-jogadores. Especialista da posição, Carlos Alberto Torres disse que o Tricolor precisa reforçar a zaga se tiver aspirações maiores para esta ou para as próximas temporadas.

– Sinceramente, não entendo como o Fluminense, com tantas obsessões, continue sem contratar um grande zagueiro. O time tem bons laterais, mas a zaga não é a ideal – disse o Capita.

CONFIRA A OPINIÃO EX-JOGADORES

Carlos Alberto Torres, ex-lateral do Fluminense

O time pode até sair desta fase, mas não entendo, com todo respeito que tenho à diretoria, como o Fluminense não investe num grande zagueiro. Falta essa visão. A gente fica sofrendo. Aí eu abro o jornal e vejo que trouxeram um reserva para o Fred. É brincadeira! Pode chegar na Libertadores, mas sem zaga não ganha as competições maiores. A equipe é boa, mas falta esse cara.

Paulo César Caju, ex-meia do Fluminense

O Fluminense tem alguns jogadores de qualidade, mas essa desculpa de que é difícil eles jogarem juntos sempre não cola. Deco se machuca demais. Wágner no Cruzeiro jogava de forma mais ofensiva. Fred não atua com tanta regularidade. Está difícil ver os gols que o Fluminense tem tomado. No último jogo, Edinho tentou sair jogando e falhou. Digão também errou. Está complicado.

Paulinho, ex-atacante do Fluminense

Assim como em tudo na vida, tem um ponto que é preciso mudar. É agora. Abel está há três anos no clube, existe um desgaste e a torcida está meio que de saco cheio. Há jogadores desgastados. Acredito que esteja chegando o fim de um ciclo. O problema é claramente na defesa. Na minha opinião, Leandro Euzébio, Gum e Digão não estão à altura de vestir a camisa do Fluminense.

Cláudio Adão, ex-atacante do Fluminense

Abel foi um grande jogador e é um excelente treinador. Já pegou o Fluminense em situações muito piores e conseguiu inverter. Não é hora de mexer. O time vive um momento ruim, mas vai dar a volta por cima. É um dos principais elencos do Brasil. O ataque é um dos melhores setores da equipe e o Fred, na minha opinião, é o grande atacante do Brasil. O Flu vai crescer.

Carlinhos comenta sobre mau momento do Flu no Brasileirão

O Fluminense ainda está devendo em 2013. A equipe que sobrou no Campeonato Brasileiro do ano passado ainda não venceu nenhum adversário de peso nesta temporada e tem sofrido com vários problemas técnicos. Mesmo antes das saídas de Wellington Nem e Thiago Neves, o time não havia tido atuações convincentes.

Procurados pela reportagem do LANCE!Net, jogadores que fizeram história no clube apontaram o que está errado e indicaram o que o técnico Abel Braga pode fazer para trazer de volta aquela equipe vitoriosa. Carlos Alberto Torres, Paulinho, Paulo César Caju e Cláudio Adão deram a receita para tirar o Fluminense dessa situação complicada em 2013.

LEIA MAIS
- Fluminense se previne para não ter dinheiro de Thiago Neves penhorado
- Parcelamento de dívidas pode dar alívio aos cofres do Flu

VEJA TAMBÉM
- Blog Fora de Campo: Relembre as atletas que já posaram de lingerie

Conhecido pela sinceridade, Paulo César Caju, que fez parte da Máquina Tricolor na década de 1970, não poupou críticas ao time. Ele considera também que o futebol brasileiro precisa de uma nova filosofia.

– Sou muito amigo do Abel, ele jogou comigo. Mas acho que tirando um pouco o Atlético-MG, está tudo muito igual no futebol brasileiro. Todos os times jogam em função de uma bola aérea, os treinos são todos iguais – afirmou Caju.

O próprio Abelão já prometeu que vai sacudir este time e fazer com que volte para o caminho das vitórias. Por ora, a diretoria deu o voto de confiança e espera realmente que isso aconteça. Mas uma derrota para o Grêmio, no domingo, pode custar o emprego do treinador.

Bastante criticada pela torcida, a defesa foi o setor mais citado negativamente pelos ex-jogadores. Especialista da posição, Carlos Alberto Torres disse que o Tricolor precisa reforçar a zaga se tiver aspirações maiores para esta ou para as próximas temporadas.

– Sinceramente, não entendo como o Fluminense, com tantas obsessões, continue sem contratar um grande zagueiro. O time tem bons laterais, mas a zaga não é a ideal – disse o Capita.

CONFIRA A OPINIÃO EX-JOGADORES

Carlos Alberto Torres, ex-lateral do Fluminense

O time pode até sair desta fase, mas não entendo, com todo respeito que tenho à diretoria, como o Fluminense não investe num grande zagueiro. Falta essa visão. A gente fica sofrendo. Aí eu abro o jornal e vejo que trouxeram um reserva para o Fred. É brincadeira! Pode chegar na Libertadores, mas sem zaga não ganha as competições maiores. A equipe é boa, mas falta esse cara.

Paulo César Caju, ex-meia do Fluminense

O Fluminense tem alguns jogadores de qualidade, mas essa desculpa de que é difícil eles jogarem juntos sempre não cola. Deco se machuca demais. Wágner no Cruzeiro jogava de forma mais ofensiva. Fred não atua com tanta regularidade. Está difícil ver os gols que o Fluminense tem tomado. No último jogo, Edinho tentou sair jogando e falhou. Digão também errou. Está complicado.

Paulinho, ex-atacante do Fluminense

Assim como em tudo na vida, tem um ponto que é preciso mudar. É agora. Abel está há três anos no clube, existe um desgaste e a torcida está meio que de saco cheio. Há jogadores desgastados. Acredito que esteja chegando o fim de um ciclo. O problema é claramente na defesa. Na minha opinião, Leandro Euzébio, Gum e Digão não estão à altura de vestir a camisa do Fluminense.

Cláudio Adão, ex-atacante do Fluminense

Abel foi um grande jogador e é um excelente treinador. Já pegou o Fluminense em situações muito piores e conseguiu inverter. Não é hora de mexer. O time vive um momento ruim, mas vai dar a volta por cima. É um dos principais elencos do Brasil. O ataque é um dos melhores setores da equipe e o Fred, na minha opinião, é o grande atacante do Brasil. O Flu vai crescer.

Carlinhos comenta sobre mau momento do Flu no Brasileirão