icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2013
12:15

A manhã desta segunda-feira começou diferente no treino do Fluminense. Além da tranquilidade que não passava tão perto de Laranjeiras há um tempo, a menina Letícia, que ficou famosa após ser abraçada por Diego Cavalieri ao fim do jogo contra o São Paulo, estava presente na arquibancada.

Muita movimentação marcou o início do treino dos jogadores nesta manhã. Os atletas começaram suando a camisa por cerca de 30 minutos com alongamentos e treinos físicos. Tudo observado pelo técnico Dorival Júnior e pela menina Letícia, acompanhada dos seus pais.

Após o treino físico, os jogadores foram divididos em dois grupos. Cada grupo fazia simultaneamente treino tático com campo reduzido, enquanto o outro fazia uma atividade de dois toques também com o campo reduzido. Em determinado momento do treino os grupos trocavam de atividade.

Durante uma atividade para os goleiros, Diego Cavalieri, que estava treinando bem, se machucou sozinho e preocupou os torcedores presentes no treinamento. Logo que sentiu, o camisa 12 saiu para receber o atendimento médico na mão direita, local onde sente dores desde que retornou da Copa das Confederações. Ele ainda tentou voltar a treinar, mas continuou sentido dores e tornou a se ausentar. Mas quando os jogadores voltaram a treinar em campo reduzido, o goleiro voltou a trabalhar e aparentou estar bem.

Contudo, apesar de ter se ausentado por alguns minutos para receber o tratamento dos médicos do Flu, o goleiro voltou a treinar com bola e mostrou que foi apenas um susto, para alívio da torcida tricolor.