icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/03/2014
13:44

O Manchester United praticamente só tem uma chance de voltar à próxima da Liga dos Campeões: vencendo a atual edição. Em péssimo momento no Campeonato Inglês, o atual campeão nacional precisa de uma grande virada para manter o sonho do tetra europeu vivo. Nesta quarta-feira, o time do técnico David Moyes recebe o Olympiacos e tem que ganhar por mais de dois gols de diferença para se classificar às quartas de final.

A missão não seria tão difícil, já que na teoria o United tem um time bastante superior aos gregos. No entanto, peças como Van Persie, Rooney e Juan Mata não conseguem se encontrar em campo, dificultando o sucesso do time inglês e condenando Moyes a eternas perguntas sobre seu futuro à frente dos Red Devils.

 - Nada mudou e nada mudará com relação a meu futuro. Nem o resultado diante do Olympiacos na quarta-feira. A maior prova que tenho do apoio dos Glazers (família que é dona do Manchester United) é o fato de eles estarem me deixando trabalhar como eu quero. Vamos virar, precisamos desse resultado - comentou o escocês.

Na ida, o Olympiacos foi bastante superior, ganhando por 2 a 0 e tendo perdido a oportunidade de conseguir um placar ainda mais elástico. Para Evra, vice-capitão do Manchester, o futuro do United é a coisa mais importante no momento:

 - Agora não é uma boa hora para falar da minha renovação. O futuro do Manchester United é mais importante que o meu.