icons.title signature.placeholder Guilherme Borini
27/06/2014
15:59

Em meio à polêmica do pagamento da premiação pela participação na Copa do Mundo, a seleção da Nigéria embarcou por volta das 14h desta sexta-feira para Brasília, onde enfrenta França, pelas oitavas de final, segunda-feira, às 13h, no Mané Garrincha. Os jogadores nigerianos teriam cancelado o treino da última quinta-feira exigindo a premiação pela classificação ao Mundial e uma bonificação por passar de fase.

A informação foi divulgada pelo jornalista nigeriano Colin Udoh, da Supersport International TV, que cobre o dia a dia da seleção africana. De acordo com o mesmo repórter, em contato com o LANCE!Net nesta sexta-feira, uma garantia já foi feita aos jogadores e o pagamento deverá ser feito em Brasília. O fato não deve motivar boicote ao jogo e a equipe vai jogar contra a França. Não houve nenhuma posição oficial da comissão técnica.

Na saída do hotel para o embarque no ônibus, os jogadores evitaram falar sobre o assunto e o técnico Stephen Keshi limitou-se a dizer que não havia problema nenhum.

A tarde desta sexta-feira marcou a despedida da seleção da Nigéria de Campinas, onde ficou hospedada desde o início da Copa do Mundo. Na saída dos jogadores, muito carinho e assédio dos cerca de 50 torcedores que aguardavam para tirar fotos ou conseguir autógrafos dos atletas. Havia também a presença de jornalistas franceses, em busca de informações dos africanos. 

Odemwingie e Moses atendem os fãs na porta do hotel (Foto: Guilherme Borini) 

Independentemente do resultado de segunda-feira, a seleção da Nigéria não retorna a Campinas. Caso avancem para as quartas de final, viajam direto para o Rio de Janeiro, onde seria a partida seguinte. Em caso de eliminação, os jogadores embarcam para a Nigéria.

Para enfrentar a França, o desfalque do técnico Stephen Keshi será o atacante Babatunde, que fraturou o braço no jogo contra a Argentina. Mesmo cortado do restante da Copa, o jogador viajou com o elenco para Brasília. 

O meia Mikel também retribuiou o carinho dos torcedores (Foto: Guilherme Borini)