icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
06/11/2013
18:06

Bruno Soares e Alexander Peya seguem vivos na disputa das Finais da ATP de Londres (ING). Depois de saírem atrás no marcador, o brasileiro e o austríaco conseguiram o triunfo sobre os espanhóis Marc López e Marcel Granollers, por 2 sets a 1, parciais de 3-6, 6-4 e 10-5 em duelo de 1h27 de duração.

Com o resultado, eles assumiram a segunda posição do Grupo B e ficam emm boas condições de avançar às semifinais. Para que isso aconteça sem que dependam de nenhum outro resultado, Soares e Peya precisam vencer por 2 sets a 0 Fernando Verdasco/David Marrero, na sexta-feira. Com dois triunfos, os espanhóis já estão classificados.

Campeões em 2012, López e Granollers praticamente adeus à chance do bi, uma vez que haviam perdido na estreia também. Eles ainda enfrentam Leander Paes (IND) e Radek Stepanek (RTC), que também birigam por vaga na semifinal.

- Era um jogo para matar ou morrer. Entramos sólidos e agressivos. E isso foi muito importante. Apesar de termios perdido o primeiro set por 6 a 3, acho que jogamos bem - afirmou Bruno Soares.

O brasileiro disse que não pretende ficar fazendo as contas para a classificação. O objetivo é um só: ganhar.

- Apesar de saber de cabeça o que precisamos, não vou ficar pensando nisso. Também não sei se é melhor entrar em quadra para o primeiro ou segundo do jogo do dia. O importante é entrar em quadra e fazer o nosso papel - afirmou.

O JOGO

O primeiro set foi muito ruim para Soares e Peya. Eles tiveram cinco saques e só confirmaram em duas oportunidades. Em ambas, com Bruno Soares no serviço. Assim como havia corrido na estreia, Alexander Peta mostrou-se muito irregular no fundamento.

Diante deste cenário, os espanhóis puderam até de dar ao luxo de serem quebrados uma vez que ainda assim conseguiram levar o set com bastante tranquilidade.

O segundo set parecia que começaria melhor para a dupla austro-brasileira. Peya e Soares tiveram três break points logo de cara, mas desperdiçaram todas as chances e permitiram que Granollers e López abrissem 1 a 0.

No segundo game, um novo momento complicado para Peya e Soares. Com o brasileiro no saque, os adversários tiveram três chances de quebra. Mas a dupla reagiu e empatou em 1 a 1.

Quando o placar estava 2 a 2, Peya e Soares conseguiram a quebra depois de perder os dois primeiros break points e fizeram 3 a 2. Depois disso, precisaram apenas administrar a vantagem para fechar a parcial em 6-4 e levar a decisão para o match tie break.

No set decisivo, o brasileiro e o austríaco foram bastante agressivos e conseguiram o triunfo sem maiores sustos.

O repórter viaja a convite da ATP