icons.title signature.placeholder Craque do Futuro - Marina Proton
21/03/2014
14:52

Após três reuniões e muitas conversas, o futuro do técnico Paulo Campos no Tupi continua incerto. Até o fim da tarde desta sexta-feira, o treinador deve decidir sua situação com o clube.

Em entrevista ao Jornal Tribuna de Minas, o vice-presidente do conselho gestor do Carijó, Cloves Santos, diz sentir no treinador uma vontade de permanecer, mas cuita que o acordo esbarra em questões financeiras.

- O que pudemos sentir nas reuniões é que há uma vontade, nossa e dele também, de permanência. Mas o mínimo para mantê-lo é acima do máximo que podemos pagar.

Antes de analisar possíveis reforços, o Tupi primeiro foca em decidir a situação do treinador, sem fazer loucuras para segurá-lo, como explica Santos.

- Estamos naquele caso do cobertor curto: se aplicarmos mais dinheiro para manter o treinador, não poderemos qualificar o elenco e vice-versa.

A definição acontecerá nessa sexta feira, com o retorno do diretor executivo do clube Alberto Simão, que esteve ausente da cidade nos últimos dias.