icons.title signature.placeholder Pedro Barboza
19/11/2013
18:08

Acostumado com recepções calorosas em desembarques antes de jogos decisivos, o Flamengo não contou com a presença em massa da torcida na tarde desta terça-feira, no Aeroporto Salgado Filho. Cerca de 50 torcedores acompanharam a chegada da equipe. Concentrados e em silêncio, os jogadores não puderam falar com a imprensa. Questionado se joga contra o Furacão, o goleiro Felipe jogou a decisão para o técnico Jayme de Almeida. Vale lembrar que o jogador vem se recuperando de uma artroscopia no joelho esquerdo, após lesão no menisco.

- Pergunta para o Jayme - comentou o goleiro, no trajeto do saguão ao ônibus da delegação.

O técnico Jayme de Almeida foi um dos mais celebrados pelos torcedores. Léo Moura e Hernane também foram muito procurados pelos rubro-negros que acompanharam o desembarque, com pedido de fotos.

O torcedor rubro-negro Eduardo Antunes, morador de Curitiba não conseguiu ingressos para a decisão, e aproveitou para levar o filho de quatro anos, Arthur Antunes (homenagem a Zico), para ver de perto os jogadores rubro-negros. 

O Flamengo treinou na parte da manhã desta terça no Estádio Olímpico, com portões fechados, por 1h20, em Porto Alegre, e chegou a Curitiba por volta das 17h20.

Apesar de não ter confirmado a equipe ainda, existe a possibilidade de Samir entrar na vaga de Luiz Antonio. Para motivar a equipe, no Durival Britto, 1.750 rubro-negros garantiram vaga para o primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil.

No último confronto das equipe, o Furacão levou a melhor e venceu de virada por 4 a 2, no Maracanã, e o então técnico Mano Menezes pediu demissão do cargo do Flamengo. Jayme de Almeida assumiu o time, reerguendo a equipe e chegando a uma final de Copa do Brasil.

A cidade de Curitiba já vive o clima da final para a decisão. Na manhã desta terça-feira a reportagem do LANCE!Net pôde conferir pela capital paranaense várias bandeiras de Atlético-PR e Flamengo sendo vendidas nos sinais.

Atlético-PR e Flamengo se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h50, Durival de Britto.