icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
25/02/2015
21:33

Deu a lógica. Jogando no Estádio Ciudad de La Plata, o Estudiantes não encontrou qualquer dificuldade para golear o Barcelona de Guayaquil por 3 a 0, nesta quarta-feira, na estreia de ambos no Grupo 7 da Libertadores. O grande destaque da partida foi o atacante Carrillo, autor dos gols que garantiram os primeiros três pontos para o clube argentino na competição.

Apoiado pela apaixonada torcida, que praticamente lotou o estádio, o Estudiantes imprimiu um ritmo intenso. Acuado, o Barcelona resistiu o quanto pôde. Mais precisamente por 16 minutos, quando começou o show de Carrillo. O camisa 9 aproveitou o rebote no chute de Damonte para abrir o placar. Os visitantes tentavam equilibrar as ações em contra-ataques pouco eficientes. O que era ruim, piorou aos 36 minutos quando o artilheiro da noite completou cruzamento da direita para marcar o segundo dos donos da casa.

E MAIS:
> Sem espaço no São Paulo, Ademilson é emprestado a japoneses por um ano
> Independiente de Santa Fé encara o Colo Colo na segunda rodada da Libertadores

Antes do intervalo, o árbitro Heber Roberto Lopes deixou de marcar um pênalti claro à favor do Estudiantes. Nada, porém, que fizesse a festa e o ímpeto da equipe argentina esfriasse para a etapa final. Com a vantagem de dois gols, os donos da casa começaram a cadenciar a partida, sem abdicar do ataque. A bliz de Carrillo & Cia. seguiu a todo vapor. Tanto que o atacante argentino chegou ao seu terceiro gol antes de ser substituído.

Na proxima rodada, o Estudiantes visita o Atlético Nacional, da Colômbia, no dia 5 de março, enquanto dois dias antes o Barcelona de Guayaquil recebe o Libertad, do Paraguai.