icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/11/2014
04:03

A luta principal do UFC de Uberlândia, que aconteceu neste sábado, no ginásio Sabiazinho, reservou para os fãs um desfecho diferente do aguardado. Com uma vitória avassaladora, Ovince St-Preux nocauteou Mauricio Shogun aos 34 segundos, no início do primeiro round.

Shogun começou a luta partindo para o ataque e trocou chutes baixos com St Preux. Quando decidiu partir para cima, Ovince o contra-atacou com um poderoso cruzado de esquerda, que abalou o brasileiro. No chão, Shogun não teve forças para se recuperar, foi duramente castigado e acabou nocauteado até a interrupção dos juízes.

- Eu o respeito muito, é uma lenda. Essa luta significava muito para mim. Sou um grande fã dele, mas para se tornar uma lenda, tem que vencer uma lenda e eu fiz isso hoje. Sabia exatamente o que fazer e quando vi seu ataque, soube usar bem meu contragolpe - disse St Preux, em entrevista pós luta.

A derrota é a segunda consecutiva de Mauricio Shogun no UFC. O curitibano, atual número nove no rankings dos meio-pesados, deve cair algumas posições. O resultado diminui seu prestígio com o próximo passo na carreira se tratando do The Ultimate Fighter Brasil 4 ao lado de Anderson Silva.

Shogun foi derrotado com apenas 34 segundos de luta (FOTO: Alexandre Loureiro/Inovafoto)

Decepcionado, logo após a luta o meio-pesado avaliou o resultado negativo e se mostrou conformado com a forma com a qual foi nocauteado no evento deste sábado.

- Eu estava muito bem treinado e me sinto na obrigação de fazer o meu melhor. Luta nessa categoria é assim mesmo. Ele foi feliz e acertou o golpe. Agora é hora de voltar para casa e ficar com a minha família - declarou o ex-campeão dos meio-pesados da organização.  

Já St Preux, se recuperou da derrota sofrida contra Ryan Bader, em seu último compromisso, em agosto.  O americano agora soma seis lutas e cinco vitórias na maior organização de MMA do mundo.