icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
08/11/2014
11:22

Neste sábado, o UFC de Uberlândia, que acontece no ginásio do Sabiázinho, marca um momento especial na carreira de Mauricio Shogun. Mais do que uma nova apresentação pela organização no país e a oportunidade de se recuperar de sua última derrota, o brasileiro pisa no octógono no exato dia em que completa 12 anos de carreira. Em 8 de novembro de 2002, Rua nocauteou Rafael Capoeira em sua primeira luta no MMA. Hoje, com títulos do extinto PRIDE e UFC na bagagem, o curitibano busca se reerguer na maior organização do mundo e mostrar que ainda pode ser um dos maiores lutadores do planeta. Para isso, ele encara Ovince St Preuz na luta principal do show.

Em entrevista ao LANCE!Net, o brasileiro falou sobre a data comemorativa, vibrou com o marco, que nem se lembrava e relembrou sua primeira luta, onde tudo começou, em 2002. 

- Pra mim represente muita coisa. Vou completar 12 anos de carreira. Tudo o que tenho devo à luta, é a minha história ali dentro. Lembro de tudo naquela época. Na verdade o sonho era o PRIDE, que era a sensação naquela época. O UFC não estava muito bem. Eu tinha o PRIDE como uma ascensão e um sonho naquela época. Fiquei muito nervoso na minha primeira luta, mas consegui a minha vitória - declarou o brasileiro.

Depois de perder por nocaute para Dan Henderson, em março, no UFC que aconteceu em Natal, Mauricio Shogun encara Ovince St Preuz para reencontrar o caminho das vitórias e se manter relevante no Ultimate. O curitibano sabe o que esperar do confronto.

Shogun encara St Preux em pesagem oficial do show (FOTO: Luis Fernando Coutinho)

- Ele pode querer buscar a luta amarrada, mas treinei muito isso com a minha equipe. Cada um vai querer impor seu jogo, é um conflito de táticas. Acho que ele é um cara que tem um chute bom, forte. Ele é um cara atlético e não posso subestimá-lo. Tenho de me focar - explicou.

O UFC de Uberlândia tem na luta principal o duelo entre os meio-pesados Mauricio Shogun e Ovince St Preux. O show, que começa a partir das 22h30 (horário de Brasília), conta ainda com as participações de nomes como Warlley Alves e Caio Magalhães.

Confira as lutas do show
Maurício Shogun x Ovince St. Preux
Warlley Alves x Alan Jouban
Cláudio Hannibal x Leon Edwards
Juliana Lima x Nina Ansaroff
Card preliminar
Diego Rivas x Rodolfo Rubio
Caio Monstro x Trevor Smith
Dhiego Lima x Jorge Oliveira
Leandro Buscapé x Charlie Brenneman
Thomas Almeida x Tim Gorman
Wagnão Silva x Colby Covington