icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/12/2013
16:22

Com contrato válido até julho de 2015 com o Corinthians, o atacante Emerson Sheik vive um período turbulento por causa do baixo rendimento no segundo semestre deste ano e a perseguição da torcida, causada pela foto do selinho em um amigo que publicou na internet. Sabendo da situação, o Flamengo fez duas investidas durante a temporada, mas não conseguiu contratar o jogador de 35 anos.

A princípio, Sheik se reapresenta ao Corinthians no dia 6 de janeiro de 2014, mesma data da apresentação de Mano Menezes, que assume o clube para substituir Tite. De férias, o pressionado atacante não descarta um possível retorno à Gávea no futuro, mas prefere traçar planos mais modestos para curtir os últimos dias de 2013.

- Daqui a pouco vou pegar o carro, vou para Angra dos Reis, pegar uma praia e depois não sei mais o que vai acontecer - brincou o camisa 11 do Corinthians durante sua participação no Jogo das Estrelas, organizado por Zico, neste sábado, no estádio do Maracanã.

- Seria um prazer imenso (voltar ao Flamengo). É bom o reconhecimento do Flamengo, porque prova que minha passagem aqui foi vitoriosa, mas por outro lado sou atleta do Corinthians, tenho contrato a cumprir em um clube que aprendi a gostar e conquistei títulos. Estou bem, mas o futuro a Deus pertence - comentou Emerson Sheik, abrindo uma possibilidade que, por enquanto, está descartada pelo Flamengo.

O clube carioca havia acertado até mesmo o tempo de contrato com Sheik, que só precisaria reduzir a pretensão salarial. A negociação, no entanto, terminou por conta de divergências internas - Plinio Serpa Filho, vice de relações do clube, conduzia as conversas com o empresário Reinaldo Pitta, mas Wallim Vasconcelos, vice de futebol, não se mostrou favorável à chegada de Emerson. No Corinthians, a ideia é negociá-lo, já que o alto salário inflaciona a folha e trava a busca por reforços, mas Mano Menezes deseja sua presença no elenco em 2014.