icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2013
18:25

Muitos esperavam que o Corinthians vencesse o São Paulo, que vive crise e vinha de oito derrotas consecutivas. No entanto, as duas equipes empataram por 0 a 0 no Majestoso deste domingo, disputado no Pacaembu.

O atacante Emerson Sheik não poupou críticas à retranca do rival que, para ele, foi determinante para o resultado sem gols.

- Dar méritos a uma equipe que só se defende é complicado. Mérito a gente dá quando a equipe marca e ao mesmo tempo procura jogar, ser agressiva, buscar o gol. É difícil dar méritos a uma equipe que só se defende. O Corinthians se defende e procura jogar. É complicado, é difícil furar o bloqueio com oito, nove só se defendendo. Essa foi a postura do São Paulo hoje - afirmou o jogador do Timão.

Antes do duelo, o técnico Tite já havia pedido respeito ao rival para seus atletas. O comandante alvinegro fez questão de lembrar da situação da própria equipe na tabela de classificação do Brasileirão. O Timão hoje tem apenas 11 pontos de 27 disputados. Sheik lamentou os dois pontos perdidos neste duelo.

- Pelo que foi projetado durante a semana, perdemos dois pontos. A ideia era vencer, se aproximar do G8 e na próxima semana buscar o G4. Vamos esperar o próximo jogo e alcançar aquilo que projetamos - disse Sheik.

Corinthians e São Paulo fazem jogo equilibrado e não saem do zero

Muitos esperavam que o Corinthians vencesse o São Paulo, que vive crise e vinha de oito derrotas consecutivas. No entanto, as duas equipes empataram por 0 a 0 no Majestoso deste domingo, disputado no Pacaembu.

O atacante Emerson Sheik não poupou críticas à retranca do rival que, para ele, foi determinante para o resultado sem gols.

- Dar méritos a uma equipe que só se defende é complicado. Mérito a gente dá quando a equipe marca e ao mesmo tempo procura jogar, ser agressiva, buscar o gol. É difícil dar méritos a uma equipe que só se defende. O Corinthians se defende e procura jogar. É complicado, é difícil furar o bloqueio com oito, nove só se defendendo. Essa foi a postura do São Paulo hoje - afirmou o jogador do Timão.

Antes do duelo, o técnico Tite já havia pedido respeito ao rival para seus atletas. O comandante alvinegro fez questão de lembrar da situação da própria equipe na tabela de classificação do Brasileirão. O Timão hoje tem apenas 11 pontos de 27 disputados. Sheik lamentou os dois pontos perdidos neste duelo.

- Pelo que foi projetado durante a semana, perdemos dois pontos. A ideia era vencer, se aproximar do G8 e na próxima semana buscar o G4. Vamos esperar o próximo jogo e alcançar aquilo que projetamos - disse Sheik.

Corinthians e São Paulo fazem jogo equilibrado e não saem do zero