icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/04/2014
18:01

Ele realmente tem estrela! Emerson Sheik estreou pelo Botafogo e já mostrou a que veio. O atacante de 35 anos marcou um gol, deu assistência para Zeballos fazer o dele e comandou a reação do Glorioso, que chegou a estar perdendo por 2 a 0 para o Internacional, ainda no primeiro tempo. No final, o resultado de 2 a 2 no Maracanã, neste domingo, acabou sendo o mais justo pelo que as equipes mostraram. Rafael Moura marcou os gols do Colorado.

O empate deu o primeiro ponto para o Alvinegro no Campeonato Brasileiro. Já o Inter pula para quatro pontos. Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Bahia no domingo, na Fonte Nova, enquanto o time comandado por Abel Braga recebe o Sport, no mesmo dia, no Beira-Rio.

DOMÍNIO COLORADO NO PRIMEIRO TEMPO

A exemplo das duas últimas partidas, quando foi goleado por San Lorenzo e São Paulo por 3 a 0, o Botafogo entrou em campo muito desorganizado e dando espaços na defesa para o ataque do Internacional. Tanto que o Colorado já abriu o placar com Rafael Moura aos oito minutos, em ótima assistência de Aránguiz, após drible desconcertante em Julio Cesar.

Melhor organizado no ataque com as entradas de Sheik e Zeballos no time titular, o Botafogo até fez algumas boas jogadas, teve maior posse de bola, mas não foi muito efetivo. Por sua vez, o Inter apostava no contra-ataque. E numa dessas jogadas ofensivas, o garoto Valdivia encontrou o He-Man livre para ampliar aos 35 minutos.

O Glorioso desceu para o vestiário debaixo de forte vaia da torcida presente no Maracanã.

MUDANÇAS DE MANCINI DÃO CERTO

Pressionado pelo resultado negativo até então, o técnico Vagner Mancini promoveu as entradas de Daniel e Junior Cesar nos lugares de Jorge Wagner e Julio Cesar, respectivamente. E as trocas deram uma chacoalhada no time - apesar dos erros defensivos seguirem evidentes. Logo aos três minutos, Junior Cesar chegou ao fundo e cruzou para a área. A bola sobrou livre para Emerson, que exagerou na força e chutou por cima do gol de Dida.

Apático no segundo tempo, o Inter aceitou a pressão do Botafogo. Porém, quando o Colorado era melhor, o Botafogo diminuiu com o estreante Emerson Sheik, que subiu entre os zagueiros e cabeceou para marcar. Edilson, que entrou no lugar de Airton, passou a comandar o meio de campo alvinegro atuando como volante e deu mais força ofensiva ao Glorioso.

Na base do abafa, o lateral improvisado apareceu bem mais uma vez ao abrir para Emerson na direita. O Sheik cruzou e encontrou Zeballos livre na área para empatar a partida. As mudanças de Abel não surtiram efeito e o Botafogo quase virou, novamente com Edilson.

No fim, com cada equipe comandando um tempo, o empate acabou sendo o resultado mais justo.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 2 INTERNACIONAL

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 27/4/2014 - 16h
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Vicente Romano Neto (SP)
Renda e público: R$ 309.065,00 / 7.954 pagantes / 9.995 presentes
Cartões amarelos: Airton, Edilson (BOT); Willians, Gladestony, Aránguiz (INT)
Cartões vermelhos: Lucas (BOT); Otávio (INT)
Gols: Rafael Moura 8'/1ºT (0-1) e 35'/1ºT (0-2), Emerson Sheik 18'/2ºT (1-2) e Zeballos 29'/2ºT (2-2)

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar (Junior Cesar - intervalo); Airton (Edilson 16'/2ºT), Gabriel, Jorge Wagner (Daniel - intervalo) e Lodeiro; Zeballos e Emerson Sheik – Técnico: Vagner Mancini.

INTERNACIONAL: Dida, Diogo, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alan Patrick (Gladestony 19'/2ºT), D'Alessandro e Valdívia (Otávio 22'/2ºT); Rafael Moura (Wellington Paulista 39'/2ºT) – Técnico: Abel Braga.