icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/12/2013
12:01

Apesar de admitir que "seria um prazer imenso" vestir novamente a camisa do Flamengo, Emerson Sheik já planeja a temporada de 2014 como jogador do Corinthians, clube com o qual possui mais um ano e meio de contrato. Pela primeira vez desde que chegou ao Parque São Jorge, em 18 de maio de 2011, o atacante será comandado por um técnico diferente de Tite, com quem levantou as taças dos Campeonatos Paulista e Brasileiro, da Recopa, da Libertadores e do Mundial de Clubes.

Após três temporadas, a diretoria do Timão decidiu não estender o vínculo de Tite, que deve permanecer os primeiros meses de 2014 descansando e se aprimorando na profissão. Enquanto isso, o Corinthians tem reapresentação marcada para o dia 6 de janeiro. A data marcará a primeira entrevista coletiva de Mano Menezes de volta ao comando. Otimista, Sheik reconhece seu carinho pelo técnico anterior, mas torce pelo triunfo do sucessor.

- O Tite é um cara muito querido, tinha uma identificação absurda com Corinthians, com a torcida, a diretoria, o grupo inteiro. Nunca trabalhei com o Mano, mas ouvi dizer que ele é um cara super do bem, um profissional excelente, um cara justo, correto. Estamos esperando ele de braços abertos - afirmou Sheik após participação no Jogo das Estrelas organizado por Zico no Maracanã.

Para 2014, o Corinthians deseja liberar Sheik, que recebe alto salário, mas teve baixo rendimento no segundo semestre e tem sido perseguido pela torcida. O Flamengo mostrou interesse, mas divergências internas impediram o acerto. Apesar de admitir o retorno ao Rio de Janeiro, o discurso de Sheik é afinado.

- Estou indo para anos no clube, com conquistas importantes e mais um ano e meio de contrato ainda. Estou absolutamente em casa e feliz.