icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/11/2014
16:21

Excesso de sexo tem prejudicado Alexis Sánchez no Arsenal. Essa é a justificativa para o mau momento do atacante no clube londrino, clube que pagou uma fortuna para tirá-lo do Barcelona, segundo noticiou o jornal chileno 'La Cuarta'. O tabloide revelou que as fadigas que o jogador sofre são devido aos jogos pelo clube inglês e, também, porque sua mulher, a modelo Laia Grassi, tem exigido muito sexualmente dele.

A maratona de Sánchez realmente é 'intensa'. São diversos jogos da Premier League, Liga dos Campeões e as copas inglesas, tudo isso intercalado com os pesados treinos físicos, técnicos e táticos do Arsenal. Mas o desgaste não para por aí. O chileno precisa cumprir à risca suas 'obrigações' na cama, o que tem afetado sua forma física.

E MAIS
- City estaria disposto a pagar a multa rescisória de Messi: R$ 791 milhões
- Após quase 30 anos, Giggs pode deixar o Manchester United


Laia Grassi, modelo que vem tirando o sono de Sánchez (Foto: Reprodução/ Instagram)

No fim de semana, o desgaste tornou-se evidente, e Sánchez quase ficou fora do clássico entre Arsenal e Manchester United, vencido pelos Red Devils. Contudo, o técnico do time londrino, Arsène Wenger, mudou de ideia, colocou o atacante em campo, mas não foi o suficiente para evitar a derrota.

Modelo, designer e diretora de arte, Laia Grassi tem 26 anos e nasceu na Catalunha. Seu corpo esbelto e seus lindos olhos verdes podem estar atrapalhando Alexis Sánchez a meter mais bolas na rede dos adversários. Terá o atacante forças para terminar a temporada inteiro?