icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/03/2014
09:34

O judoca Victor Penalber não teve o retorno esperado aos tatames. Após ficar sete meses afastado por conta de uma cirurgia no cotovelo direito, ele foi eliminado logo na segunda luta no Grand Prix de Samsun (TUN), na manhã deste sábado. Assim, ficou sem chances de medalha na competição.

O brasileiro começou bem a disputa na categoria meio-médio (até 81kg). Após não lutar na primeira rodada, o lutador encarou o mongol Dagvasuren Nyamsuren e venceu por ippon. Em seguida, seu adversário foi o alemão Alexander Wieczerzak, quando ele acabou derrotado após sofrer um golpe perfeito.

Após liderar o ranking mundial por alguns meses em 2013, Penalber ocupa atualmente o terceiro lugar. Mesmo com o período afastado, segue como o principal judoca do país em seu peso.

Ainda neste sábado, outras duas lutadoras do Brasil entraram no tatame, mas também ficaram fora do pódio. Mariana Barros, no meio-médio (até 63kg), perdeu no primeiro combate para a americana Mia Hermansson. Já Bárbara Timo, entre os médios (até 70kg), chegou até a repescagem. No entanto, foi eliminada pela francesa Gevrise Emane.

Neste domingo, GP da Samsun vai para o último dia de disputa. Maria Suelen Altheman na categoria pesado (mais de 78kg) é a única brasileira a entrar no tatame.