icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2013
18:23

Na última quarta-feira, quando enfim as 32 seleções da Copa do Mundo foram definidas, o LANCE!Net convidou os internautas a montarem as suas chaves para o Mundial do ano que vem, desafiando a fazer os grupos da morte, as "babas" e tudo o que a imaginação permitisse. De uma forma surpreendente, a maioria de quem comentou colocou um caminho bem complicado para a Seleção Brasileira.

De acordo com o regulamento do sorteio para a Copa do Mundo, a "dobradinha" México e França, que estão nos potes 2 e 3, respectivamente, foram utilizados para acompanhar o Brasil. Para completar o grupo, sempre era escolhida alguma potência europeia que sobrava.

Alguns poucos aliviaram a vida de Neymar e companhia, e outros menos ainda quiseram complicar a vida da Argentina. Mas ainda assim, alguns usaram praticamente a mesma estratégia do grupo da morte para os "hermanos".

Confira alguns grupos citados, sendo que estes dois primeiros se repetiram várias vezes:
Brasil, México, França e Holanda
Brasil, México, França e Inglaterra
Brasil, Argélia, França e Rússia
Argentina, México, França e Holanda
Argentina, México, França e Portugal
Argentina, México, Costa do Marfim e Portugal
Brasil, Irã, França e Holanda
Argentina, México, França e Itália
Argentina, México, Camarões e Portugal
Brasil, Estados Unidos, Costa do Marfim e Portugal
Argentina, México, França e Portugal

Alguns dos vários candidatos a destaque da Copa do Mundo de 2014 no Brasil (Fotos: AFP)

No meio dos quase 200 comentários da matéria no LANCE!Net e dos mais de 500 na nossa página do Facebook, algumas outras questões foram apontadas. Exatamente pelo fato de os internautas colocarem o Brasil várias vezes no grupo da morte, algumas críticas ao patriotismo de alguns.

Além disso, muitas cornetadas ao regulamento da Fifa de escolher as seleções que ficam em cada pote. A entidade utiliza o seu ranking, e por isso, equipes menos tradicionais como Suíça, Bélgica e Colômbia são cabeças de chave, enquanto potências como Itália, Holanda e Inglaterra estão longe disso.

Confira algumas sugestões completas de grupos:
Grupo A: Brasil, Estados Unidos, Equador e Rússia
Grupo B: Espanha, Japão, Costa do Marfim e Croácia
Grupo C: Argentina, México, Argélia e Grécia
Grupo D: Alemanha, Coréia do Sul, Chile e Portugal
Grupo E: Suíça, Honduras, Nigéria e Inglaterra
Grupo F: Bélgica, Costa Rica, Camarões e Itália
Grupo G: Colômbia, Irã, França e Holanda
Grupo H: Uruguai, Austrália, Gana e Bósnia

Grupo A: Brasil, Costa Rica, Argélia e Bósnia
Grupo B: Suíça, Estados Unidos, Equador e Grécia
Grupo C: Espanha, Honduras, Gana e Rússia
Grupo D: Argentina, México, Costa do Marfim e Holanda
Grupo E: Alemanha, Irã, Nigéria e Itália
Grupo F: Bélgica, Coreia do Sul, Chile e Inglaterra
Grupo G: Colômbia, Japão, França e Portugal
Grupo H: Uruguai, Austrália, Camarões e Croácia