icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
24/08/2015
11:58

O Corinthians terá postura e qualidade diferentes contra o Santos nesta quarta-feira, na Arena, em relação à apresentação diante do mesmo adversário na semana passada, na Vila Belmiro. Quem garante é o meia Jadson. Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, o camisa 10 afirmou que o corintiano que for à Arena verá um outro desempenho.

- O torcedor do Corinthians pode esperar um time aguerrido, buscando o resultado. A equipe será totalmente diferente do que foi na Vila, agora é mata-mata, Copa do Brasil. Não sei o que o Tite fará para esse jogo, todos estarão prontos para ajudar - afirmou Jadson, que não escondeu a dificuldade de devolver o placar (2 a 0) da Baixada Santista.

- Cada jogo tem sua história, na Vila a gente não conseguiu jogar bem, não tivemos como impor o ritmo de jogo, é difícil para reverter, mas a equipe está sabendo lidar com os dois campeonatos. A gente tem da dar a volta por cima, temos da dar resposta à torcida. Precisamos vencer, depois vemos o que acontece com a classificação - completou.

Jadson fez um dos três gols alvinegros na goleada sobre o Cruzeiro, por 3 a 0, pelo Brasileirão. Um resultado como esse é o que o Corinthians necessita diante do Santos, pela Copa do Brasil. Para o camisa 10, há possibilidade de isso voltar a acontecer, mas a dificuldade será maior nesta quarta-feira.

- A nossa equipe tem a base no equilíbrio, a gente não conseguia ganhar com placares elásticos no início, mas nunca deixou de ser efetiva. O importante é que a equipe vem tendo um padrão, conseguimos os resultados e estamos subindo cada vez mais - lembrou.

- A gente está acostumado a jogar na Arena, a gente tem se dado bem dentro de casa, queremos impôr o ritmo forte contra o Santos, vamos lutar do começo ao fim para dar alegria ao torcedor. Tem de ser um passo de cada vez. A gente tem de ir em busca do primeiro gol, temos de jogar bem taticamente, eles têm jogadores velozes, temos de ser inteligentes, a torcida tem de entender que teremos de ter tranquilidade para jogar e buscar o resultado - completou.

Jadson é o artilheiro alvinegro no Campeonato Brasileiro, com oito gols.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco do Corinthians voltou aos trabalhos na manhã desta segunda-feira, no CT. Os jogadores reservas e/ou que atuaram menos de 45 minutos diante do Cruzeiro, na Arena, foram a campo e realizaram uma atividade em campo reduzido, sob a supervisão de auxiliares e do técnico Tite. Os jogadores titulares permaneceram na parte interna do CT, onde fizeram um trabalho regenerativo.

O Corinthians terá postura e qualidade diferentes contra o Santos nesta quarta-feira, na Arena, em relação à apresentação diante do mesmo adversário na semana passada, na Vila Belmiro. Quem garante é o meia Jadson. Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, o camisa 10 afirmou que o corintiano que for à Arena verá um outro desempenho.

- O torcedor do Corinthians pode esperar um time aguerrido, buscando o resultado. A equipe será totalmente diferente do que foi na Vila, agora é mata-mata, Copa do Brasil. Não sei o que o Tite fará para esse jogo, todos estarão prontos para ajudar - afirmou Jadson, que não escondeu a dificuldade de devolver o placar (2 a 0) da Baixada Santista.

- Cada jogo tem sua história, na Vila a gente não conseguiu jogar bem, não tivemos como impor o ritmo de jogo, é difícil para reverter, mas a equipe está sabendo lidar com os dois campeonatos. A gente tem da dar a volta por cima, temos da dar resposta à torcida. Precisamos vencer, depois vemos o que acontece com a classificação - completou.

Jadson fez um dos três gols alvinegros na goleada sobre o Cruzeiro, por 3 a 0, pelo Brasileirão. Um resultado como esse é o que o Corinthians necessita diante do Santos, pela Copa do Brasil. Para o camisa 10, há possibilidade de isso voltar a acontecer, mas a dificuldade será maior nesta quarta-feira.

- A nossa equipe tem a base no equilíbrio, a gente não conseguia ganhar com placares elásticos no início, mas nunca deixou de ser efetiva. O importante é que a equipe vem tendo um padrão, conseguimos os resultados e estamos subindo cada vez mais - lembrou.

- A gente está acostumado a jogar na Arena, a gente tem se dado bem dentro de casa, queremos impôr o ritmo forte contra o Santos, vamos lutar do começo ao fim para dar alegria ao torcedor. Tem de ser um passo de cada vez. A gente tem de ir em busca do primeiro gol, temos de jogar bem taticamente, eles têm jogadores velozes, temos de ser inteligentes, a torcida tem de entender que teremos de ter tranquilidade para jogar e buscar o resultado - completou.

Jadson é o artilheiro alvinegro no Campeonato Brasileiro, com oito gols.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco do Corinthians voltou aos trabalhos na manhã desta segunda-feira, no CT. Os jogadores reservas e/ou que atuaram menos de 45 minutos diante do Cruzeiro, na Arena, foram a campo e realizaram uma atividade em campo reduzido, sob a supervisão de auxiliares e do técnico Tite. Os jogadores titulares permaneceram na parte interna do CT, onde fizeram um trabalho regenerativo.