icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/12/2013
12:01

Dois dos três técnicos mais bem pagos do mundo se enfrentarão nesta terça-feira na semifinal do Mundial de Clubes, em Agadir, no Marrocos. Pep Guardiola, treinador do Bayern de Munique, e Marcelo Lippi, comandante do Guangzhou Evergrande, da China, são o primeiro e o terceiro treinadores com salários mais altos do mundo, respectivamente. Entre eles, na segunda posição, está o português José Mourinho, que dirige o Chelsea.

Guardiola recebe a quantia de 17 milhões de euros (R$ 54,3 milhões) por ano, enquanto Mourinho tem rendimento salarial de 10,03 milhões de euros (R$ 32,08 milhões) e Lippi de exatos 10 milhões de euros (R$ 31,99 milhões) anuais. A lista dos técnicos mais bem pagos do mundo foi divulgada nesta quarta-feira pela empresa Pluri Consultoria.

E MAIS:
Atlético-MG estreia na casa do futebol marroquino
De Prima: Marketing do Fluminense já prepara festa para receber Conca

Chama atenção também o fato de que dos 30 técnicos mais bem pagos do mundo, apenas sete comandam seleções. Entre estes está Luiz Felipe Scolari. O treinador da Seleção Brasileira é o 23º mais bem pago do mundo com 2,7 milhões de euros (R$ 8,64 milhões) anuais.

Entre os treinadores de seleções, o mais bem pago é o italiano Fabio Capello. O técnico da Rússia aufere um salário anual de 7,8 milhões de euros (R$ 24,95 milhões). Capello é o quinto técnico da lista geral.

Embora os valores sejam muito altos, a soma total dos salários dos 30 técnicos mais bem pagos apresentou redução em um ano. Atualmente ela é de 141,7 milhões de euros (R$ 453,27 milhões), 12% a menos do que os 160,8 milhões (R$ 514,37 milhões) do final de 2012.