icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2013
14:10

Depois de seis dias longe de Porto Alegre, o Internacional retornou ao Rio Grande do Sul nesta segunda-feira. Com duas derrotas na bagagem, o clube gaúcho fugiu do assédio da imprensa e saiu do Aeroporto Internacional Salgado Filho direto da pista para o Centro de Treinamentos do Parque Gigante. Não havia contingente de torcedores e não houve protestos na saída do ônibus colorado.

A delegação colorada não passou por apuros no retorno, diferente do que aconteceu na semana passada, quando alguns torcedores protestaram no aeroporto. Desta vez, não havia presença de torcedores. Ainda assim, a escolha foi sair por um portão alternativo, sem precisar passar pelo saguão. Na chegada ao CT, também nenhum problema com a torcida.

O presidente Giovanni Luigi, o diretor de futebol Marcelo Medeiros e o diretor-executivo Newton Drummond chegaram junto com a delegação colorada. Luigi deixou o local em um carro com motorista, enquanto Medeiros rumou com o õnibus para o CT. As derrotas para Atlético-MG e Goiás colocaram o Inter apenas quatro pontos acima da zona de rebaixamento, a nove pontos do final da competição.

A segunda-feira será de repouso para os colorados. A reapresentação está marcada para a manhã desta terça-feira, no CT. Clemer diz que terá os reforços de Leandro Damião e Juan para o confronto com o Coritiba, no próximo domingo, tido como decisivo para o Inter, pelo fantasma do Z4 estar cada vez mais próximo.