icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/04/2014
17:53

De forma incontestável, o Internacional ampliou a hegemonia estadual e faturou neste domingo o tetracampeonato do Gauchão. O título veio com um atropelamento sobre o Grêmio, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul: uma sonora goleada por 4 a 1, fora o baile.

Os gols do jogo do título foram de D'Alessandro, Alex - duas vezes - e Alan Patrick. Ernando, contra, descontou para o Grêmio. Com mais uma taça do Gaúcho, o Colorado aumentou a diferença de títulos em relação ao maior rival. Agora, o placar é 43 a 36 para o Inter.

O Internacional fez um jogo sensacional, especialmente no segundo tempo. Nos primeiros 12 minutos da etapa final, foram três gols. E olha que o placar a antes disso já era favorável. O Grêmio, que tem a melhor defesa da Libertadores, surpreendeu ao ter um desempenho ridículo na marcação e facilitar a vida do rival.


Diante do placar favorável na primeira partida da decisão, 2 a 1 em plena Arena do Grêmio, o Internacional até começou mais cauteloso e chegou a ficar encurralado pelo Tricolor. No entanto, o time de Enderson Moreira pecou na organização ofensiva, não conseguindo levar um perigo real ao gol de Dida.


     D'Alessandro vibra com mais uma conquista no Colorado (Foto: Ricardo Rimoli/ LANCE!Press)
 
Para o primeiro gol colorado, o equívoco de Werley foi determinante. O zagueiro gremista afastou mal uma bola despretensiosa lançada para a área e acabou dando a chance para Rafael Moura servir o capitão D'Alessandro, que tocou no canto de Grohe.

Enderson Moreira tirou Edinho e colocou Maxi Rodríguez para o segundo tempo. Foi aí que a porteira se abriu. Em 12 minutos, Alex (duas vezes) e Alan Patrick, de pênalti, levaram o Grêmio a nocaute. Valente, o Tricolor até chegou a diminuir a humilhação, com a ajudinha de Ernando, que marcou contra. Mas o título do Internacional foi inevitável.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 4 X 1 GRÊMIO


Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data/hora: 13/4/2014 - 16h
Árbitro: Márcio Chagas da Silva
Auxiliares: Marcelo Barison e Júlio Cesar dos Santos
Cartões amarelos: Fabrício, D'Alessandro (INT); Edinho, Riveros, Léo Gago, Barcos, Wendell (GRE)
Cartões vermelhos: Pará (INT) e Williams (INT), aos 35'/2ºT
Gols: D'Alessandro, 27'/1ºT (1-0); Alex, 4'/2ºT (2-0); Alan Patrick,10'/2ºT (3-0) Alex, 12'/2ºT (4-0); Ernando, contra, 21'/2ºT (4-1)

INTERNACIONAL: Dida; Gilberto, Paulão, Ernando e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alex (Juan, 38'/2ºT), D'Alessandro (Jorge Henrique, 41'/2ºT) e Alan Patrick (Ygor, 24'/2ºT); Rafael Moura. Técnico: Abel Braga

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rodolpho e Wendell; Edinho (Maxi Rodríguez, intervalo), Riveros, Ramiro e Alan Ruiz (Léo Gago, 14'/2ºT); Dudu e Barcos. Técnico: Enderson Moreira