icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2014
20:40

Os pequenos ajustes realizados pelo governo do Pará e a prefeitura de Belém não foram suficientes para convencer a Fifa a colocar o Mangueirão como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Quatro meses após o fim do torneio que teve Manaus como sede na Região Norte, dois clubes da elite do futebol nacional se enfrentam em Belém nesta quarta-feira, às 21h, pela 35ª rodada do Brasileirão. O Goiás, mandante do compromisso deste meio de semana, decidiu lucrar com público no duelo diante do Corinthians.

Com 44 pontos somados, segurança contra o risco de rebaixamento e nenhuma ambição de G4, o Esmeraldino espera receber cerca de R$ 1 milhão líquidos com a transferência do jogo do Serra Dourada para o Mangueirão. Se do lado do Goiás o local do jogo é uma questão supérflua, para o Corinthians é importante, já que o time de Mano Menezes vem de vitória por 2 a 1 sobre o Bahia, na Fonte Nova, e passou menos de dois dias na capital paulista antes do embarque para o Norte. O desgaste é uma preocupação.

- Complicado. É um desgaste muito grande, a gente viaja demais. Mas se foi confirmado vamos ter que viajar, jogar no Mangueirão com a grama daquela altura, totalmente diferente do padrão que estamos acostumados a jogar nas principais arenas, e ainda nessa época. Mas chegamos em uma situação que é não é para lamentar. Se é pra jogar lá, vamos jogar lá e vamos vencer. É nesse momento que elenco tem que mostrar sua força. Temos que vencer com grama, sem grama, campo de terra, de qualquer jeito - disse o meia Petros, na última semana.

Petros, aliás, será desfalque no compromisso em Belém. E ele não é o único. Fábio Santos e Anderson Martins, lesionados, e Guerrero, Ángel Romero e Lodeiro, a serviço de suas seleções, também estão fora. Com dois treinos durante a semana, Mano Menezes não indicou quem deve jogar, mas conta com a volta de Elias, que cumpriu suspensão no fim de semana. Felipe e Uendel ficam no time titular e a dúvida é entre Bruno Henrique e Danilo no meio.

Com o mesmo número de pontos do Internacional e do Grêmio, que ocupam o terceiro e o quarto lugares, o Timão pode entrar no G4 até com um empate diante do Goiás, já que o Colorado tem um jogo a mais.

Já o Goiás, do mesmo modo que o Corinthians, também sofreu com problemas de deslocamento. Após a derrota por 1 a 0 para o Internacional, no Beira-Rio, o grupo treinou em Porto Alegre e não voltou a Goiânia antes de partir para Belém. Para o compromisso diante do Corinthians, o técnico Ricardo Drubscky não poderá contar com David e Tiago Real, que receberam o terceiro cartão amarelo no Sul. Em compensação, os zagueiros Jackson e Pedro Henrique retornam de suspensão.

O treinador do Goiás acredita em um bom resultado, mesmo sabbendo que a torcida estará toda contra sua equipe.  E ele explica o porquê.

- Em Cuiabá contra o Flamengo é motivante. Jogar em Juiz de Fora, também. O time tem qualidade e vai jogar bem mesmo jogando com o mando e a torcida toda contra. Mas será uma torcida diferente daquela que a gente vê na Arena. Vamos para a vitória - sentenciou Drubscky.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS x CORINTHIANS

Local: Mangueirão, em Belém (PA)
Data/Hora: 19 de novembro de 2014, às 21h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Fábio Pereira (Fifa-TO) e Marcio Gleidson Correia Dias (PA)

GOIÁS: Renan, Felipe Macedo, Jackson, Pedro Henrique e Felipe Saturnino; Amaral, Rodrigo, Thiago Mendes e Esquerdinha; Ramon e Erik. Técnico: Ricardo Drubscky

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Gil, Felipe e Uendel; Ralf, Elias, Bruno Henrique (Danilo) e Renato Augusto; Malcom e Luciano. Técnico: Mano Menezes.