icons.title signature.placeholder Guilherme Amaro
01/12/2013
08:31

O Santos não tem mais chances de conquistar uma vaga para a próxima Libertadores, também não corre risco de rebaixamento e apenas cumpre tabela nessas últimas rodadas do Brasileirão. A diretoria alvinegra, porém, tem um objetivo de lucrar no último jogo “em casa” no campeonato, neste domingo, às 19h30, no Teixeirão, em São José do Rio Preto.

Além dos cerca de R$ 300 mil que receberá da E & L Marketing Esportivo, que ficará com toda a receita do duelo, o Peixe busca o lucro a médio prazo, com a captação de sócios no interior paulista. Assim como ocorreu em diversos jogos fora de casa e na última rodada em Presidente Prudente, o marketing do clube promoverá o ”Destino Sócio Rei”, com a criação da Embaixada Provisória de São José do Rio Preto. O evento será às 14h30, no Buteko Faísca, na Av. Gabriel Jorge Cury, 130.

– A gente aproveita o fato de ter uma torcida grande no interior, carente de jogos do Santos, para fazer um evento para aglutinar a torcida. Sempre conseguimos vários sócios, nosso projeto é bem audacioso pra 2014, com a criação de embaixadas, e em jogos assim temos uma grande chances de captar sócios – afirmou o gerente de marketing do Santos, Fernando Montanha, ao LANCE!Net.

O Peixe não divulga quantos sócios foram captados a cada evento. De acordo com o “Torcedômetro” do Movimento Por Um Futebol Melhor, o Santos é o quarto clube com mais sócios (53.705), sendo o melhor paulista, atrás apenas do líder Internacional, e de Grêmio e Flamengo.

A quantidade de ingressos vendidos até o fim desta edição também não foi divulgada, mas a diretoria espera por um público bem maior do que os pífios 4.369 pagantes da última rodada, contra o Fluminense, em Presidente Prudente.

Objetivos dentro de campo:

De Claudinei Oliveira
O técnico, que não permanecerá no clube na próxima temporada, tem uma meta no Brasileirão. Ele almeja terminar o campeonato com 53 pontos, mesmo número do ano passado, quando Muricy Ramalho comandava a equipe. Claudinei, porém, assumiu o time após a segunda rodada e busca a marca com dois jogos a menos que seu antecessor. Atualmente, o Peixe tem 51 pontos.

Do elenco
Depois do empate com o Vasco, quando o Peixe ficou sem chance de classificar para a Libertadores, os jogadores pregaram comprometimento para terminar o Brasileirão de uma forma digna. Eles falaram em vencer os três jogos restantes. O primeiro venceu o Flu, e agora restam mais dois.

Terá mala branca?
Na entrevista coletiva da última sexta-feira, Claudinei disse já ter recebido mala branca (incentivo para vencer um duelo) quando jogava, mas repudiou a mala preta (para entregar o jogo)