icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/03/2014
13:48

A conquista da Taça Guanabara pelo Flamengo não teve tanta cara de título, já que o Rubro-Negro não disputou uma final, não recebeu taça e sequer deu volta olímpica no Maracanã. Até mesmo o técnico Jayme de Almeida falou que não sabia se haveria algum tipo de comemoração após o apito final.

- Vou ser honesto. Acabou o jogo e não sabia se teria festa (risos). Mas foi legal, é o sentimento de dever cumprido, é uma coisa bacana no ramo profissional. Muita gente estava desconfiava do time B, mas deu certo. Estou muito feliz, o time correspondeu e está muito legal para todos - afirmou o comandante, lembrando que relacionou vários meninos com quem trabalhou nas categorias de base:

- Sempre valorizei o Carioca por eu ter sido criado aqui no Rio de Janeiro e sei da importância. A torcida do Flamengo gosta de ser campeã carioca, tem a rivalidade. Foi muito legal em relação ao que usamos neste período. César, Luan e Fernando, se não me engano, foram os únicos que acho que não jogaram nesta competição. Fico muito feliz por eles, sabem que não é fácil, mas estamos muito felizes por isto.