icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/03/2014
17:27

Após poupar a maioria dos titulares no último jogo da primeira fase, diante do Mogi Mirim, o técnico Vadão conta com força máxima para encarar o Santos, nesta quarta-feira, às 19h30, pelas quartas de final do Paulsitão. Dos considerados titulares, apenas Alemão atuou na derrota por 4 a 0 para o Sapão, no Majestoso. A principal preocupação era com os pendurados Bruno Silva, Ferrugem, Adrianinho e Silvinho.

Sem mistérios, Vadão confirmou a mesma equipe que vinha jogando, no esquema 4-3-3, que foi utilizado pelo treinador desde sua chegada, na quarta rodada da competição. A Macaca vai a campo com: Roberto, Ferrugem, César, Diego Sacoman e Magal; Bruno Silva, Fernando Bob e Adrianinho; Silvinho, Alemão e Antônio Flávio.

- Não tem porquê fazer mistério. O Santos tem um leque maior de opções e pode mudar alguma coisa. Nós não. Desde que eu cheguei, temos jogando com três atacantes e conseguimos a classificação. Então eu não vou mudar toda a estrutura agora para jogar contra o Santos. Estou convicto que essa foi a melhor formação tática durante o campeonato. Posso mudar durante o jogo, mas inicialmente vamos jogar da mesma forma - declarou o técnico.

A Ponte Preta chega como zebra para encarar o Santos, líder da classificação geral. A Macaca fez uma campanha irregular durante o campeonato, com oito vitórias, sete derrotas e nenhum empate. Todas as vitórias da equipe foram de apenas um gol de diferença e o time sofreu duas goleadas: 4 a 1 para o XV de Piracicaba e 4 a 0 para Mogi Mirim.