icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/07/2014
08:02

Sonho da diretoria do Corinthians desde o início da pausa do Brasileirão para a Copa do Mundo, o atacante Marcelo completou sete partidas pelo Atlético-PR neste domingo, não poderá defender outro clube na temporada e encerrou de vez a novela referente à sua contratação pelo clube paulista. Assim, o Timão pretende encarar o segundo semestre somente com as peças que já estão no elenco, mas o técnico Mano Menezes ainda vê defeitos a corrigir no setor ofensivo.

Na semana passada, o treinador chegou a dizer que "tem que resolver" um problema no ataque, e avisou após o empate sem gols com o Vitória, neste domingo, que o Corinthians teve um problema no "acabamento" das jogadas que impediu o resultado positivo no Barradão.

- Eu falei voltando do intervalo que tínhamos muito volume, muita posse e poucas oportunidades. No primeiro tempo por defeito de posicionamento, muitos jogadores pela esquerda e poucos pela direita, dois meias fazendo quase a mesma movimentação. No segundo tempo melhoramos isso e tivemos uma passagem melhor. Mas o acabamento que deixou a desejar - disse o treinador, antes de completar e "aliviar" para os quatro atacantes que usou durante a partida.

- O acabamento é um misto de conclusão com qualidade de criação, e chegamos poucas vezes com qualidade. A somatória das coisas é que precisamos conversar - afirmou Mano Menezes.

O Corinthians tem Guerrero, Luciano, Ángel Romero, Romarinho e Malcom para o ataque. Todos foram relacionados diante do Vitória, os dois primeiros começaram jogando, mas nenhum gol foi marcado.