icons.title signature.placeholder Bruno Andrade e Márcio Porto
18/06/2014
15:40

Com Maxi Pereira suspenso, Lugano lesionado e Luis Suárez retornando de lesão, o técnico uruguaio Óscar Tabárez foi bombardeado com perguntas sobre a escalação do time que enfrentará a Inglaterra, nesta quinta-feira, às 16h, na Arena Corinthians, em São Paulo. Na véspera do "jogo da morte" do Grupo D, o treinador não quis revelar nem sequer o novo capitão da equipe.

- O novo capitão (Lugano fora) precisa ter liderança, precisa ser uma pessoa correta com o grupo. Temos vários candidatos ao posto de capitão, mas, assim como time, vocês (jornalistas) só saberão disso amanhã (quinta-feira) - declarou Tabárez, durante coletiva na Arena Corinthians, minutos antes do reconhecimento de gramado.

Vetado por causa de uma lesão no joelho esquerdo, Lugano deverá dar lugar a Coates no time (Giménez corre por fora). Já Maxi Pereira, que levou um cartão vermelho na derrota por 3 a 1 para Costa Rica, será substituído por Fucile. Suárez, que vem treinando sem limitações, não foi garantido no time, mas certamente jogará ao lado de Cavani no ataque.

- Sabemos das qualidades do nosso rival, mas o Uruguai tem condições de ganhar e seguir vivo na busca pela classificação. Vamos fazer de tudo para conseguir a vitória. Já passamos por situações ruins nos últimos anos, onde um resultado negativo acabaria com as nossas chances, mas demos a volta por cima. Vamos lutar até o final - afirmou.

- O confronto com a Inglaterra será uma prova muito árdua, mas, se ganharmos, vamos sair fortalecidos - complementou.

Se manter a equipe dos últimos treinamentos na Arena Jacaré, em Sete Lagoas (MG), o comandante Óscar Tabárez colocará em campo contra os ingleses a seguinte formação: Muslera; Fucile, Coates (Giménez), Godín e Cáceres; Gargano, Arévalo Ríos; Gastón Ramírez e Cristian Rodríguez; Suárez e Cavani.