icons.title signature.placeholder Rodrigo Vessoni
27/06/2014
15:33

As ausências de Gary Medel e Arturo Vidal no último treino do Chile antes do confronto com a seleção brasileira, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, era apenas um blefe. De acordo com jornais chilenos, a dupla foi a campo na manhã desta sexta-feira assim que os jornalistas foram retirados da Toca da Raposa 2.

Vidal chegou à Copa com problemas físicos e foi poupado na derrota chilena para a Holanda. Medel sente dores no tornozelo direito e ainda tem um problema na coxa esquerda. Ambos atuaram entre os titulares, assim como Valdivia. O palmeirense, que era cogitado desde o início da semana para iniciar o jogo contra o Brasil, foi escalado na equipe principal - Francisco Silva, defensor, foi preterido.

Se essa escalação da equipe titular também não foi um blefe de Jorge Sampaoli, o Chile que enfrentará o Brasil terá a seguinte formação: Claudio Bravo; Mauricio Isla, Gary Medel, Gonzalo Jara e Eugenio Mena; Marcelo Díaz, Charles Aránguiz, Arturo Vidal e Jorge Valdivia; Alexis Sánchez e Eduardo Vargas.

O treinador também testou Mauricio Pinilla como possível substituto de Vidal. Nesse caso, o atacante atuaria com Eduardo Vargas no setor de ataque, o que faria recuar Alexis Sánchez para a armação das jogadas, um pouco mais atrás. Vale ressaltar que, com Valdivia, o treinador trocará o esquema com três zagueiros (3-5-2) para o 4-4-2, liberando menos os dois laterais.

A partida entre Brasil e Chile neste sábado, no Mineirão, começará às 13h.