icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/06/2014
10:45

Prevista para começar hoje, a greve de motoristas e cobradores dos ônibus que fazem parte do transporte público de Fortaleza está descartada. As informações foram publicadas pelo jornal cearense, O Povo. A decisão de descartar a greve foi aprovada pela categoria no último domingo, quando votaram nas propostas oferecidas pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus).

A aprovação dos 10% de aumento salarial, do vale-refeição (que passou de R$ 9 para R$ 10) e da cesta básica (de R$ 80 para R$ 90), foi praticamente unânime. Somente um grupo de motoristas, que faz oposição ao Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Ceará (Sintro), foi contra a decisão.

Segundo o presidente do sindicato dos trabalhadores, Domingo Neto, dois pontos ainda ficaram pendentes: a redução da jornada de trabalho e a segurança de motoristas e cobradores no trabalho. De acordo com Neto, reuniões mensais vão ocorrer entre patrões e trabalhadores para discutir as reivindicações.

Caso não houvesse acordo entre empresários e motoristas, uma greve iria ser iniciada à meia-noite desta segunda-feira. A capital do Ceará, Fortaleza, é uma das doze cidades sedes da Copa. O Brasil está na cidade para encara ro México, na próxima terça-feira, às 16h.