icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
18/06/2014
08:02

No elenco do Palmeiras, o capitão Fernando Prass foi o único que “não teve” as quase duas semanas de férias, encerradas na segunda. Após fraturar o cotovelo direito e passar por cirurgia no local, o goleiro teve de cancelar a viagem que faria na folga, e seguiu a rotina de fisioterapia na Academia de Futebol durante este mês.

Descanso, só em fins de semana. Mas o esforço foi válido: o processo de recuperação, por enquanto, transcorre de forma satisfatória.

– É uma lesão chata, não tem muito a fazer no começo, é esperar a calcificação do osso, ir acompanhando de duas em duas semanas. Estou diariamente tratando no CT, menos nos fins de semana – disse ele, durante visita ao LANCE!Net.

O goleiro foi operado dia 5 de maio, e já consegue dobrar totalmente o braço, feito conquistado antes do tempo previsto. Prass e o departamento médico evitam precisar uma data para o retorno. Apenas considera-se que sua evolução tem sido muito boa, e que em um mês o camisa 25 deve ser liberado para os treinos com os outros goleiros. Hoje, ele fará nova avaliação.

Do experiente goleiro, o Verdão passou a apostar no jovem Fábio, de 24 anos, em vez de Bruno, o costumeiro titular, e que agora tenta deixar o clube. A investida deu certo certo. Fábio fez oito jogos até a pausa, e recebeu elogios diversos, inclusive de Marcos, ídolo e especialista da posição. Prass acompanhou o discurso do eterno camisa 12.


Para ele, a pressão vivida por Gilson Kleina quando o camisa 47 tornou-se titular (o primeiro jogo de Fábio foi o mesmo que culminou na queda do técnico) serviu como blindagem, e o favoreceu para ter tranquilidade em meio àquele turbilhão.

– O Fábio foi muito bem. Um menino que entrou em um momento difícil, de pressão. De repente para ele foi bom assim, porque a pressão estava em cima de outras pessoas como o Kleina, que foi trocado, e ele teve tranquilidade para trabalhar. Fez boas partidas, e o mais importante para um goleiro, foi regular – disse.

Fábio em boa atuação contra o Vitória (Foto: Romildo de Jesus/LANCE!Press)