icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira/RADAR
26/11/2014
11:47

O atacante Jobson não apareceu no treinamento do Botafogo, na manhã desta quarta-feira, na primeira atividade do elenco nesta semana, no Engenhão. Dirigentes do clube tentaram contato com o jogador durante toda a manhã - o treino estava marcado para 9h -, mas não obtiveram sucesso nas tentativas.

A diretoria também está tentando contato com o advogado do camisa 10 para saber o que aconteceu. A assessoria de imprensa do Botafogo pediu para que os jornalistas entrem em contato durante o dia para novas informações.

Reintegrado ao elenco do Botafogo no fim de setembro, Jobson voltou a jogar em outubro, mas ainda não marcou gols. Após desperdiçar um pênalti na partida contra o Figueirense, em que os alvinegros foram derrotados em casa, por 1 a 0, o atacante foi chamado de irresponsável pelo técnico Vagner Mancini. No dia seguinte, o jogador, que tem contrato até o meio do ano de 2015, concedeu entrevista coletiva em que rebateu o treinador, dizendo que apenas havia assumido a responsabilidade em um momento decisivo da partida.

MAIS JOBSON:
> ENQUETE: Como o Botafogo deve agir?

Por fazer a cobrança, quando a determinação, segundo Vagner Mancini, era para Murilo bater o pênalti contra o Figueira, o treinador chegou a cogitar a possibilidade de deixar Jobson fora da partida contra a Chapecoense, no último domingo. Porém, segundo os dois, após uma conversa, tudo ficou resolvido e o atacante jogou normalmente.

Substituído em algumas vezes nesta volta ao clube, o jogador também demonstrou insatisfação com a situação. Na derrota contra a Chapecoense, no domingo, ao sair do campo no intervalo, o atacante afirmou que "estava faltando tudo ao time". Na entrevista coletiva depois do jogo, o técnico Vagner Mancini evitou comentar a declaração do jogador, de 26 anos.

Depois de deixar o Botafogo em 2012, quando cometeu alguns atos de indisciplina, Jobson foi emprestado para alguns clubes, sem se firmar em nenhum deles. A decisão de reintegrar o jogador ao elenco aconteceu principal aconteceu, após reunião dele com o diretor Wilson Gottardo e o técnico Vagner Mancini, no fim de setembro.