icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/04/2014
08:03

Sem um camisa 10 para ser a referência do Flamengo no Brasileiro e com a resposta da diretoria de que não vai contratar nomes de peso, Jayme de Almeida terá de improvisar. Diante do Corinthians, amanhã, no Pacaembu, será a vez de André Santos, lateral-esquerdo de origem, assumir o posto com a responsabilidade de ser o homem a municiar Paulinho e Alecsandro. Isso porque Everton, que retornaria ao meio de campo, sentiu dores na perna direita e deixou o treino de ontem mais cedo.

Ciente de que também não terá Gabriel, que também sentiu dores na perna direita, Jayme testou a novidade no treino de ontem e gostou da movimentação ofensiva do Flamengo. Para ele, é necessário ver André Santos nesta função, porque já testou Mugni e Mattheus, não dando o resultado:

– Como perdemos o Everton e sabemos como o Flamengo se comporta com o Lucas (Mugni) e com o Mattheus, resolvemos dar uma olhada no André (Santos). Estávamos com dificuldade na armação há algum tempo e ele já jogou nesta função outras vezes. Na realidade, vamos decidir amanhã (sábado), mas gostei muito do que vi no treino de hoje (sexta) e devo repetir.