icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/12/2013
18:01

Sem espaço no São Paulo, o lateral argentino Clemente Rodríguez já fala em respirar novos ares. E o destino preferido do jogador seria o Boca Juniors (ARG), com o qual é identificado e poderia voltar a atuar ao lado do amigo Riquelme.

Em entrevista ao Diário Olé, da Argentina, Clemente falou com entusiasmo de uma volta ao Boca, mas admitiu que isso dificilmente acontecerá, dando a entender que teve problemas em sua saida. Ao ser informado que o clube argentino está procurando um lateral-direito, Clemente, que é destro, disse:

- (Risos). Posso jogar de 3 e 4 (lateral-esquerdo e direito), no Boca também fiz isso. Eu gostaria muito de voltar a jogar com Román (Riquelme), mas é difícil, porque sai há pouco tempo por algumas coisas que teve. E a volta agora é muito rápida. Para outro clube pode ser, para o Boca creio que vou ter de esperar um pouco mais.

Clemente disse na entrevista que se comunica sempre com o amigo por telefone e revelou pedidos dos companheiros de São Paulo e funcionários do clube por camisas do craque argentino. O lateral também falou da dificuldade que teve para se adaptar ao Tricolor.

- No princípio, foi um pouco duro. Quando cheguei aqui estava há duas semanas parado, sem fazer nada, E quando cheguei ao Brasil queríam que eu jogasse já na primeira partida. Necessitava de alguns días para pegar um pouco de ritmo, mas eles precisavam de mim e eu jogasse de qualquer jeito. Fiz algumas partidas, as primeiras, mas a coisa mudou. Terminei no banco nestes últimos meses e faz três que não jogo - afirmou o camisa 6 do São Paulo.

Com Muricy Ramalho, Clemente não disputou nenhuma partida e perdeu espaço até quando a equipe não tinha o titular Reinaldo. Além dele, o elenco conta com Carleto e o técnico já pediu a contratação de outro jogador para a posição. O argentino tem mais um ano de contrato.