icons.title signature.placeholder Marcio Porto
12/04/2014
07:00

O meia argentino Marcelo Cañete voltou a ficar em baixa no São Paulo. Ele disputou apenas dois jogos este ano e pediu para ser emprestado. A diretoria deu aval.

Os representantes do jogador agora buscam algum clube disposto a bancar pelo menos parte dos vencimentos do atleta, condição que o Tricolor aceita liberá-lo. A intenção, na verdade, era tentar uma venda, mas os dirigentes sabem que é difícil, já que não foram procurados por nenhum clube até o momento.

Cañete já tinha pedido para sair há cerca de duas semanas, mas a diretoria negou. O argumento foi de que ainda estava nos planos de Muricy poderia ser aproveitado, mas isso não aconteceu. Curioso é que o técnico  chegou a elogiá-lo e prometeu que ele apareceria em algumas partidas. O contrato do argentino vence em dezembro do ano que vem.

Recentemente, o São Paulo afastou o lateral-esquerdo Clemente Rodríguez e o volante Fabrício. Também anunciou a dispensa do zagueiro Roger Carvalho. A provável saída de Cañete também faz parte do planejamento para o restante do ano.