icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/03/2014
07:03

Com a eliminação precoce no Campeonato Paulista de 2014, o Corinthians vai correr para reforçar seu elenco de olho no Campeonato Brasileiro, que começa para o clube no dia 20 de abril, contra o Atlético-MG. Apesar do clima ser de mistério no Parque São Jorge, existe a promessa de três ou quatro nomes já para as próximas semanas.

Chateado com a queda no estadual, o presidente Mário Gobbi Filho afirma que esperava um primeiro semestre de dificuldades, principalmente por conta da reformulação do elenco. Mesmo assim, o mandatário diz que a diretoria está trabalhando a todo vapor para qualificar o grupo de jogadores.

- Trabalhamos dia e noite em busca de reforços. Vamos trazer mais uns três ou quatro. A meta do Corinthians é voltar para a Libertadores em 2015. Esse trabalho não para. Eu saio do Paulista com a expectativa de um futuro promissor do grupo que está sendo montado, e que leva um pouco de tempo mesmo. Esse grupo que venceu tudo levou tempo para ser montado - disse Gobbi.

Na mesma linha que o "chefe", Mano Menezes deixou claro que o trabalho de observação está sendo feito e que só não adianta nenhum nome para a torcida neste momento por razões de mercado. Para ele, assim que alguma especulação aparece, o preço dos jogadores vai lá em cima.

- Seu disser quem estamos observando, o preço vai subir e a realização do negócio vai ser difícil. Por isso que não falo. Não é querer esconder. Essas coisas precisam ser tratadas internamente. Olhamos vários jogadores com a nossa equipe de avaliação. As escolhas vão recair sobre alguns jogadores que possam significar reforços - afirmou o treinador.