icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/06/2014
18:25

Se os jogadores e torcedores brasileiros não ficaram satisfeitos com o empate com o México por 0 a 0, no segundo jogo do Brasil na Copa do Mundo, os rivais saíram comemorando o resultado nesta terça-feira. Eleito pela Fifa como o melhor jogador da partida, o goleiro mexicano Ochoa não escondeu a felicidade por ter feito importantes defesas e também por ter sido crucial para impedir a segunda vitória da seleção anfitriã na competição.

- A gente sabia que seria uma partida difícil. Sabíamos que as pessoas apoiariam. Por sorte, a equipe demonstrou poder defensivo. Vamos embora contentes, realmente foi um bom passo que nós demos. Conseguir fazer as defesas em uma Copa do Mundo, contra o anfitrião e ter esse zero a zero não foi fácil. Graças a Deus as coisas aconteceram assim. Vou continuar trabalhando. Temos de continuar - disse o goleiro.

Ochoa parou Neymar em duas grandes chances - e ainda fez um milagre em cabeçada de Thiago Silva. O mexicano, que atualmente está sem clube após defender o Ajaccio (FRA), elegeu o lance do capitão brasileiro como o mais difícil do duelo.

- Acho que o lance de cabeça foi o mais complicado. O rebote foi seco e difícil de defender - completou.

O Grupo A será decidido na próxima segunda-feira. A Seleção encara Camarões, em Brasília, às 17h. No mesmo horário, terá México e Croácia, no Recife. Vale lembrar que o Brasil continua sendo líder da chave, seguido pelo rival desta terça-feira.