icons.title signature.placeholder Bruno Braz
icons.title signature.placeholder Bruno Braz
14/07/2013
08:15

O Gigante já acordou, mas não será ele que receberá o famoso Clássico dos Milhões. Fruto de uma série de problemas e questões polêmicas, Vasco e Flamengo se confrontarão fora de seu território pela primeira vez na História do Brasileirão. O palco escolhido para o jogo deste domingo, às 18h30, com transmissão em tempo real pelo L!Net, é o Estádio Mané Garrincha, em Brasília, a 1.160 km do Rio.

E se os cariocas têm motivos para “ir às ruas” protestar contra a carência de jogos na cidade, os brasilienses, que não têm nada com isso, abraçaram a causa. A expectativa é de que o público quebre o recorde do novo estádio, que até o momento pertence ao jogo Brasil 3 x 0 Japão, pela Copa das Confederações, com 67.423 pessoas presentes.

A vida de andarilho do Flamengo, aliás, está com os dias contados. O Rubro-Negro firmou um acordo temporário com a concessionária que administra o Maracanã, na sexta, e voltará ao Maior do Mundo.

As armas de Vasco e Flamengo para vencer o Clássico dos Milhões

Já o Vasco tem a situação mais confortável por possuir um estádio próprio. Os cruz-maltinos, porém, têm lutado para conseguir sediar clássicos em São Januário, algo que ainda não conseguiram.

Problemas à parte, a expectativa é a de que o Clássico dos Milhões renove hoje suas emoções. Agora num palco mais pomposo e moderno, sem instrumentos, bandeiras e com boa parte do estádio com as torcidas misturadas, tudo nos padrões Fifa.

Esquema especial para torcida

O Mané Garrincha terá um planejamento especial para receber os torcedores de Vasco e Flamengo. As facções do time cruz-maltino e do rubro-negro estão com os roteiros definidos para os pontos de concentração, para as alas da arquibancada superior (nível N4) e para a saída da arena após o jogo. Com isto, as facções de ambas as equipes ficarão em áreas distintas do estádio para evitar qualquer possível confusão.

As torcidas organizadas do Vasco vão se concentrar no Pontão do Cave, no Guará, com saída prevista para as 15h, de metrô. A Polícia Militar irá acompanhar os torcedores na concentração, no deslocamento, na chegada ao estádio e depois do jogo até a dispersão. O mesmo tratamento será dado aos rubro-negros, que optaram pelo Cruzeiro como ponto de concentração.

Por outro lado, no anel inferior, vascaínos e flamenguistas sentarão lado a lado e poderão entrar no estádio a partir das 15h. Até ontem à noite, 60 mil dos 66 mil ingressos já haviam sido vendidos.

FICHA TÉCNICA:
VASCO X FLAMENGO

Estádio: Mané Garrincha, Brasília (DF)
Data/hora: 14/7/2013 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia e Jakson Massarra dos Santos

Vasco: Michel Alves, Nei, Renato Silva, Rafael Vaz e Wendel; Sandro Silva, Fellipe Bastos, Pedro Ken e Alisson; Eder Luis e André Técnico: Dorival Júnior.

Flamengo: Felipe, Léo Moura, Wallace, González e João Paulo; Cáceres, Elias, Paulinho e Gabriel; Carlos Eduardo e Marcelo Moreno. Técnico: Mano Menezes.


O Gigante já acordou, mas não será ele que receberá o famoso Clássico dos Milhões. Fruto de uma série de problemas e questões polêmicas, Vasco e Flamengo se confrontarão fora de seu território pela primeira vez na História do Brasileirão. O palco escolhido para o jogo deste domingo, às 18h30, com transmissão em tempo real pelo L!Net, é o Estádio Mané Garrincha, em Brasília, a 1.160 km do Rio.

E se os cariocas têm motivos para “ir às ruas” protestar contra a carência de jogos na cidade, os brasilienses, que não têm nada com isso, abraçaram a causa. A expectativa é de que o público quebre o recorde do novo estádio, que até o momento pertence ao jogo Brasil 3 x 0 Japão, pela Copa das Confederações, com 67.423 pessoas presentes.

A vida de andarilho do Flamengo, aliás, está com os dias contados. O Rubro-Negro firmou um acordo temporário com a concessionária que administra o Maracanã, na sexta, e voltará ao Maior do Mundo.

As armas de Vasco e Flamengo para vencer o Clássico dos Milhões

Já o Vasco tem a situação mais confortável por possuir um estádio próprio. Os cruz-maltinos, porém, têm lutado para conseguir sediar clássicos em São Januário, algo que ainda não conseguiram.

Problemas à parte, a expectativa é a de que o Clássico dos Milhões renove hoje suas emoções. Agora num palco mais pomposo e moderno, sem instrumentos, bandeiras e com boa parte do estádio com as torcidas misturadas, tudo nos padrões Fifa.

Esquema especial para torcida

O Mané Garrincha terá um planejamento especial para receber os torcedores de Vasco e Flamengo. As facções do time cruz-maltino e do rubro-negro estão com os roteiros definidos para os pontos de concentração, para as alas da arquibancada superior (nível N4) e para a saída da arena após o jogo. Com isto, as facções de ambas as equipes ficarão em áreas distintas do estádio para evitar qualquer possível confusão.

As torcidas organizadas do Vasco vão se concentrar no Pontão do Cave, no Guará, com saída prevista para as 15h, de metrô. A Polícia Militar irá acompanhar os torcedores na concentração, no deslocamento, na chegada ao estádio e depois do jogo até a dispersão. O mesmo tratamento será dado aos rubro-negros, que optaram pelo Cruzeiro como ponto de concentração.

Por outro lado, no anel inferior, vascaínos e flamenguistas sentarão lado a lado e poderão entrar no estádio a partir das 15h. Até ontem à noite, 60 mil dos 66 mil ingressos já haviam sido vendidos.

FICHA TÉCNICA:
VASCO X FLAMENGO

Estádio: Mané Garrincha, Brasília (DF)
Data/hora: 14/7/2013 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia e Jakson Massarra dos Santos

Vasco: Michel Alves, Nei, Renato Silva, Rafael Vaz e Wendel; Sandro Silva, Fellipe Bastos, Pedro Ken e Alisson; Eder Luis e André Técnico: Dorival Júnior.

Flamengo: Felipe, Léo Moura, Wallace, González e João Paulo; Cáceres, Elias, Paulinho e Gabriel; Carlos Eduardo e Marcelo Moreno. Técnico: Mano Menezes.