icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2014
20:24

No último treino antes da semifinal da Copa do Mundo, Felipão testou três formações: começou a atividade com três volantes e Daniel Alves na lateral direita, depois colocou Willian no time, e no fim, Bernard e Maicon. A última foi a escolha do técnico Luiz Felipe Scolari, diferentemente daquilo que costumava fazer, ao usar a primeira escalação dos trabalhos. A mudança desta vez se deu para tentar despistar o adversário, que passou por cima da Seleção ao fazer 7 a 1, a pior derrota da história da equipe nacional.

- Vocês (jornalistas) estavam lá, passam informações para a TV, e o adversário escuta e vê. A gente quer confundir. Nós falamos que tínhamos vistos os vídeos, e precisava de um jogador de velocidade em lances de linha de fundo. Por isso coloquei ele (Bernard). Ele sabia que ia jogar - justificou o treinador, ao falar que não se arrependeu de usar a revelação do Atlético-MG na vaga de Neymar.

- Vou me arrepender do quê? Em determinadas oportunidades achei que com a volta do Oscar, Hulk e Bernard poderíamos fechar o setor de meio. Estava tudo organizado até a hora do primeiro gol, que nem sei quando foi (aos dez minutos de jogo). Depois, nos desorganizamos, ficamos um pouco em pânico e as coisas foram acontecendo normalmente para eles e tudo errado para nós. Não tem do que me arrepender. É uma escolha que o técnico faz e tem que arcar com as consequências - acrescentou.

Com ainda mais um jogo a disputar, a partida que define o terceiro melhor do Mundial, Felipão fala em recuperar o ânimo dos jogadores, humilhados nesta tarde, no Mineirão. O comandante, que puxou os jogadores para agradecerem ao apoio da torcida do Mineirão, mesmo depois do vexame, evitou buscar desculpas para o 7 a 1:

- Não vamos arranjar desculpa. Hino, emoção...o que aconteceu foi que a Alemanha em determinado momento impôs um ritmo maravilhoso em dois, três lances e fez os gols. Aquilo influenciou positivamente para eles, e negativamente para a minha equipe. Aproveitaram três minutos de pane - completou.