icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
13/02/2015
05:00

Falta apenas uma semana para a seletiva que definirá a Seleção Brasileira de Boliche na temporada de 2015. Grande competição do ano, o Pan-Americano, que acontecerá em Toronto, no Canadá, é o principal objetivo dos atletas nacionais. A disputa do boliche no Pan se dará entre os dias 20 e 25 de julho e o Brasil terá quatro representantes, sendo dois de cada sexo. 

A seletiva contará com 31 jogadores – 20 homens e 11 mulheres –, que estarão em ação no Boliche Social Club do Barra Shopping, entre os dias 19 e 22 de fevereiro. O evento também classifica os jogadores para outros eventos internacionais, caso do Interamericano masculino (Pan da modalidade), Mundial feminino e Torneio das Américas.

O Rio de Janeiro terá oito jogadores na luta por vagas na seleção. Seis são da categoria masculina: Juliano Oliveira (atual vice-campeão nacional individual), John O’Donnell Jr. (terceiro no último Brasileiro Individual), Marcio Vieira (campeão sul-americano sênior), Marcio Martins, Paulo Feijó e Rogério Almeida. Os cinco primeiros disputaram o último Brasileiro de Seleções pelo Rio e foram vice-campeões. Rogério, surpresa da seletiva do ano passado, na qual foi o quarto colocado, foi vice-campeão do sul-americano de seleções pelo Brasil em 2014. No feminino, as experientes Lúcia Vieira e Léa Castro disputar um lugar nos torneios oficiais internacionais.

Dentre as feras de fora do Rio, destaque para Marcelo Suartz, maior favorito ao titulo. O atleta de São Paulo é o líder do ranking nacional, atual campeão brasileiro, sul-americano e medalhista de bronze no último Pan, em Guadalajara (MEX), em 2011. Renan Zoghaib (DF), prata nos Jogos Odesur em duplas com Marcelo; William Hideki, campeão paulista; Charles Robini (MG), melhor brasileiro no último Mundial e Bruno Costa (MG), melhor juvenil do ranking brasileiro, também estão bem cotados. No feminino, destaque para Roberta Rodrigues, Stephanie Martins e Roseli Santos, todas de São Paulo, e a brasiliense Luiza Rocha.

O local é o mesmo no qual foi realizada a competição de boliche do Pan do Rio de Janeiro, em 2007, na qual o Brasil conquistou uma medalha pela primeira vez com a prata de Rodrigo Hermes e Fábio Rezende nas duplas.