icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2013
19:28

Antiga Copa Jigoro Kano, o Grand Slam de Tóquio, no Japão, é um dos mais tradicionais torneios do calendário mundial e, por isso, uma das que mais distribui pontos para o ranking da Federação Internacional de Judô (FIJ), ficando atrás apenas dos Jogos Olímpicos, do Mundial e do World Masters. Por conta disso, a última competição da temporada 2013 será importante para os judocas brasileiros que não são titulares. Com a definição dos atletas que vão para o evento, entre 29 de novembro e 1º de dezembro, vinte e quatro vão buscar a permanência na equipe principal em 2014.

Os judocas que estiverem na zona de ranqueamento olímpico - até o 22º lugar no masculino e até o 14º no feminino sem descarte –, garantem automaticamente a manutenção da vaga entre os que recebem investimento direto da Confederação Brasileira de Judô (CBJ). Os que não conseguirem esse objetivo, terão que disputar a Seletiva Rio-2016 – Etapa II, no Rio de Janeiro, de 13 a 15 de dezembro.

A categoria médio tem como titular Tiago Camilo que não precisará disputar a Seletiva por ser medalhista olímpico. Os reservas Eduardo Santos (46º) e Eduardo Bettoni Silva (49º) vão em busca dos pontos que podem garantir a reserva imediata. Outros que buscam entrar na zona de ranqueamento olímpico são Eric Takabatake (32º) e Marcelo Contini (28º).

No feminino, estão em busca da dispensa da Seletiva Nathalia Brígida (28ª), Eleudis Valentim (19ª), Katherine Campos (18ª), Nádia Merli (17ª) e Rochele Nunes (24ª). A meio-médio Katherine, que foi titular do Brasil no Mundial do Rio, este ano, foi ultrapassada por Mariana Barros por conta dos bons desempenhos da adversária nos Grand Prix de Almaty e Tashkent.

- O ranking é muito dinâmico. Eu fiquei sem competir desde o Mundial e acabei caindo algumas posições. Então, vou para o Grand Slam para buscar pontos como faço em todas as competições. Logicamente, ter a oportunidade de ficar fora da seletiva, um processo muito duro pelo nível das atletas brasileiras, é uma motivação a mais - disse Katherine.

A delegação brasileira embarca para o Japão no próximo dia 25.


Confira abaixo a lista de convocados:

Feminino: Sarah Menezes (-48kg), Nathália Brigida (-48kg), Érika Miranda (-52kg), Eleudis Valentim (-52kg), Rafaela Silva (-57kg), Ketleyn Quadros (-57kg), Mariana Barros (-63kg), Katherine Campos (-63kg), Maria Portela (-70kg), Nádia Merli (-70kg), Maria Suelen Altheman (+78kg) e Rochele Nunes (+78kg).

Masculino: Felipe Kitadai (-60kg), Eric Takabatake (-60kg), Charles Chibana (-66kg), Luiz Revite (-66kg), Marcelo Contini (-73kg), Alex Pombo (-73kg), Eduardo Santos (-90kg), Eduardo Bettoni (-90kg), Renan Nunes (-100kg), Rafael Buzacarini (-100kg), Rafael Silva (+100kg) e David Moura (+100kg).