icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
27/06/2014
14:20

O primeiro treino fechado do Brasil fora de estádios na Copa do Mundo teve duração de uma hora. A atividade foi realizada às 13h desta sexta-feira no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte. A imprensa teve acesso ao campo apenas às 14h.

Quando os jornalistas entraram, os jogadores começaram um rachão. A única baixa foi David Luiz, ausente da atividade. A CBF informou que o zagueiro chegou a participar da primeira parte dos trabalhos: treino tático e cobranças de penalidades.

No coletivo realizado na última quinta-feira, em Teresópolis, ele deixou o campo com dores nas costas. Ele passou por exames em Belo Horizonte, sem lesão constatada. Ele se queixa de dores na região dorsal. Fez ressonância magnética e segue em tratamento.

O treino não contou com a presença de torcedores. Apenas vizinhos que moram no entorno do clube apareceram na porta do local na tentativa de entrar. Durante mais de uma hora, a porta do Sesc Venda Nova foi ocupada por centenas de jornalistas à espera da autorização para entrar.

Antes do treino, o técnico Luiz Felipe Scolari e o zagueiro Thiago Silva concederam entrevista coletiva no Mineirão. O time não fez o reconhecimento do gramado devido ao fato de a Fifa ter proibido para preservar o campo.


Centenas de jornalistas se aglomeraram na porta de clube à espera do treinamento ser aberto

Contra o Chile, neste sábado, a novidade entre os titulares ficará por conta de Fernandinho, que ganhou a vaga de Paulinho. Maicon e Ramires testados nas vagas de Daniel Alves e Hulk, na quinta-feira, devem ficar como opções para o segundo tempo.